AnaMaria
Bem-estar e Saúde / Comparações

Desodorante e antitranspirante: você conhece as diferenças? 

Dermatologista aponta as características de cada produto e indica o melhor para a saúde

Da Redação Publicado em 13/05/2021, às 07h05

Saiba quais as diferenças entre ambos os produtos - Unsplash
Saiba quais as diferenças entre ambos os produtos - Unsplash

Engana-se quem pensa que desodorantes e antitranspirantes são a mesma coisa. Entender essa diferença entre ambos os produtos é fundamental para a saúde da pele a longo prazo. A dermatologista Luciana Garbelini explica para AnaMaria Digital cada um, apontando as suas características. 

“Os desodorantes possuem ingredientes mais limpos e naturais, que mascaram o odor corporal sem bloquear a transpiração, enquanto os antitranspirantes inibem o odor e eliminam totalmente o suor”, esclarece a médica.

QUAL ESCOLHER?
De acordo com Garbelini, os desodorantes acabam sendo a melhor opção porque não bloqueiam a transpiração e respeitam a fisiologia da pele. Ela ressalta que é necessário ter atenção quanto ao uso dos antitranspirantes.

“A função desse produto é dificultar a transpiração e esse bloqueio pode causar problemas nas axilas, como foliculite e inflamação dos folículos pilosos – as famosas bolinhas vermelhas”, explica. Luciana aponta ainda que aditivos, como álcool e triclosan, comuns em antitranspirantes, são as principais substâncias que despertam sensibilidade nas axilas.

ORGÂNICO E AMIGO DA PELE
Uma boa opção para quem busca por escolhas seguras e saudáveis de desodorantes são os orgânicos. Para Caroline Villar, fundadora da Souvie, a pandemia aguçou a sensibilidade dos consumidores sobre consumo consciente. “Isso vai transformar todos os mercados, incluindo o de cosméticos. Percebemos uma movimentação no mercado de beleza de consumidores mais atentos a produtos testados em animais ou que levam substâncias sintéticas ou poluentes”, reflete.