Estudante perde 12 kg após largar refrigerante; veja dicas para fazer igual

Especialistas explicam o que pode acontecer quando você ingere excesso da bebida

sexta 7 dezembro, 2018
Marcelo Andrade está há mais de dois anos sem tomar refrigerante
Marcelo Andrade está há mais de dois anos sem tomar refrigerante Foto:Arquivo Pessoal

Marcelo Andrade, um estudante de engenharia de 22 anos, considerava-se um verdadeiro viciado em refrigerante. A bebida fazia parte de seu dia a dia, a ponto dele conseguir tomar mais de dois litros em um único final de semana.

Foi assim até novembro de 2016, quando fez a promessa de ficar sem ela pelos próximos três meses em troca de passar de ano na faculdade. Supreendentemente, a experiência foi tão boa que ele continua até hoje -mais de dois anos depois- sem a bebida.

Notícias Relacionadas

"A mudança mais visível foi no meu peso", conta Marcelo, que explica: "Mesmo sem mudar meus hábitos alimentares, perdi cerca de 12kg."  Apesar do sucesso da empreitada, a vontade de tomar a bebida ainda está presente, confessa. 

No entanto, ele diz que prefere evitar o refrigerante, pois acredita que, se voltasse a tomar a bebida, o vício certamente voltaria. “Não quero desperdiçar todo esse esforço”, explica. Para contornar toda essa vontade, Marcelo toma bastante água e chá gelado.

MAIS AMADO QUE AS FRUTAS
De acordo com o Ministério da Saúde, um em cada cinco brasileiros (19%) adultos que vivem nas capitais brasileiras consomem refrigerante ou sucos artificiais todos os dias. E o refrigerante é o sexto produto alimentício mais consumido por crianças e adolescentes entre 12 e 17 anos.

Fica atrás de arroz, feijão, pão, suco e carnes. E quando falamos na lista dos 20 produtos mais consumidos por essa parcela da população, as frutas sequer aparecem.

Sim, o excesso de refri pode ser um empecilho para a sua saúde. De acordo com Sérgio Maia Jr, médico pós-graduado em nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), o refrigerante possui uma grande quantidade de componentes nocivos, tais como açúcar, acidulantes, corantes e adoçantes.

Tomar muita bebida do tipo pode levar a processos inflamatórios graves, como uma mudança nos mecanismos hormonais. Isso pode ocasionar em desequilíbrio e distúrbios metabólicos, aumentando a probabilidade do aparecimento precoce de doenças como diabetes e excesso de peso.

“Este é um produto que não conseguimos nem pronunciar a maioria dos ingredientes descritos nos rótulo”, comenta o especialista. Realmente, não dá para bobear!

TAMBÉM QUERO LARGAR A BEBIDA. E AGORA?
Carolina Godoy, membro da Câmara Técnica do Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região SP-MS, lembra que, ao contrário do Marcelo e muitas pessoas pensam, tomar refrigerante demais não é bem um vício, mas um hábito -que pode ser mudado.

"O ideal é que a pessoa que deseja reduzir o consumo de refrigerante faça aos poucos, para readaptar o paladar a outros alimentos menos doces. Deixe a bebida para momentos especiais e festivos", aconselha.

O QUE TOMAR NO LUGAR?
Se você ainda não é muito fã de água, a bebida mais indicada para quem quer matar a sede, existem algumas opções. Os sucos de caju, limão, frutas cítricas e vermelhas são os mais indicados por Sérgio, pois contêm menos açúcares que o de laranja.

Outra opção é adicionar sabor a sua água. "Basta acrescentar algumas rodelas de laranja, limão, hortelã, manjericão, gengibre ou outros ingredientes de sua preferência", indica Carolina.

“A vontade será maior nos primeiros dias e há a possibilidade de crises de abstinência”, afirma Sérgio. No entanto, o nutrólogo garante que a tendência da pessoa, após um tempo, é até de adquirir uma repulsa pelo alimento muito doce. 

ADEUS, REFRI!
Veja alguns conselhos para largar o vício sem sofrer tanto durante o processo:

  • Evite ter a bebida em casa ou na sua geladeira;
  • Fuja de locais onde você sabe que os refrigerante estarão disponíveis;
  • Escolha um dia na semana para matar a vontade, mas sem exageros;
  • Não substitua por outras bebidas calóricas e artificiais;
  • Beba mais água durante o dia;
  • A cada porção de qualquer bebida, beba duas de água.
     
Marcela Del Nero
Leia Mais:

Assine a Revista Digital

Bate Bola na Cozinha

BEM-ESTAR

  1. 1 Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe
  2. 2 Mensagem da Karlinha: Faça novas escolhas sempre!
  3. 3 Veja 5 exercícios que auxiliam as mães na rotina com os filhos
  4. 4 Cuidados ao fazer as unhas fora de casa: veja como evitar contaminação
  5. 5 Qual é a obrigação do convênio de saúde com pessoas com câncer?