AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Dome a inveja e viverá com maior leveza...

Não é só o invejado que sofre com esse sentimento. Quem deseja o que o outro tem também joga contra si. Aprenda aqui a se preservar desse fogo cruzado

Silvia Regina Publicado em 08/09/2015, às 16h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Dome a inveja e viverá com maior leveza... - Dreamstime
Dome a inveja e viverá com maior leveza... - Dreamstime
Se você ainda não passou por uma situação dessas, um dia ainda pode passar: uma pessoa admira tanto algo seu que aquilo começa a fazer mal a você. O invejoso está em toda parte. Pode ser no seu trabalho, no condomínio em que você mora, na rua da sua casa, na escola, na academia e até mesmo na sua família. E mesmo que algumas pessoas não acreditem, a inveja causa transtornos para quem é invejado e também para o invejoso. Entenda melhor a seguir.


Desejo doentio

De acordo com a psicóloga Maria de Lourdes de Paula Gomes, diretora da Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo (FACIS), a inveja é um sentimento em que uma pessoa deseja, com todas as suas forças, aquilo que o outro tem. Pode ser um atributo pessoal, como o cabelo, o corpo, o carisma ou o sucesso da amiga, mas também algo que alguém adquiriu, como uma casa nova ou um carro. “O invejoso não só deseja como também quer prejudicar o outro. Ele quer aquilo, mesmo que o outro pague um preço por isso”, explica a especialista.


Energia do mal

O sentimento suga as energias do  invejado, que sente isso no corpo. Veja os sintomas que podem surgir:

■ Cansaço excessivo e sem motivo aparente.

■ Tristeza profunda.

■ Sono e desânimo.

■ Sensação de ar pesado.

■ Irritação excessiva, mesmo com pessoas queridas.



"Eu não tenho inveja!"

O invejoso não tem a menor consciência de que é um sugador energético e que isso causa mal ao outro. “Ele faz as pessoas à sua volta se sentirem desconfortáveis, desequilibra o ambiente e deixa um rastro de negatividade”, explica a parapsicóloga Elizabethe Biscarra, autora do livro Os Invejosos (Editora Pandorga, 184 páginas, R$ 29,90). O maior problema é que ele considera seu comportamento normal e, por isso, nunca procura um tratamento para o que sente. “Inveja é um sentimento perigoso, destrutivo para o desenvolvimento pessoal, tanto para aquele que a sente quanto para aquele que é alvo dela”, completa Elizabethe. “Ninguém se diz invejoso, o peso desse sentimento é grande”, observa a psicóloga Maria de Lourdes.



Quem é quem

Conheça o perfil típico do invejoso e do invejado


INVEJADO

■ Muitas vezes é uma pessoa carismática, expansiva e que chama atenção por onde passa.

■ Quase sempre tem sucesso em alguma área.

■ É alguém que costuma transmitir vibrações positivas e de quem os outros gostam. 



INVEJOSO

■ Às vezes, é sarcástico com aquele de quem tem inveja.

■ É inseguro e não consegue ver em si mesmo os atributos que possui.

■  O sucesso ou a felicidade do outro o incomodam.

■ Sempre observa detalhes do visual do outro.

■ É mal-humorado.

■ Tem dificuldade de se relacionar.

■ Normalmente, sofre de baixa autoestima.



Amuletos

A crença popular diz que manter um raminho de arruda atrás da orelha afasta a inveja. Outros amuletos, como o olho grego e a fitinha de cetim vermelha amarrada na parte interna da roupa, também teriam o mesmo efeito. OK, não existe nenhuma comprovação científica de que eles funcionam mesmo... Mas a partir do momento que você acredita nessa proteção, ela pode ajudar. “Quando você se sintoniza com esses amuletos e os sacraliza no seu interior, eles ganham poder”, diz a psicóloga Maria de Lourdes. Portanto, não custa nada ter um desses na mesa do trabalho ou quando for encontrar aquela pessoa baixo-astral. E procurar manter o pensamento positivo sempre também é fundamental, combinado?



O invejoso também sofre

A inveja causa transtornos para a vida e até para a saúde do invejoso. Se ela anda afetando seu dia a dia, é hora de administrá-la melhor. Que tal usá-la como estímulo para correr atrás daquilo que deseja? Se sua amiga arrumou um empregão, providencie no seu currículo aquilo que falta para conseguir uma bela vaga. Olha só os sintomas que o invejoso pode enfrentar.

■ A inveja causa angústia, ansiedade e até confusão mental.

■ O invejoso tem pensamentos    destrutivos e negativos.

■ A pessoa se torna amarga e, muitas vezes, se afasta do convívio social.

■ Com tanta energia negativa, o invejoso tem dores pelo corpo.

■ Problemas familiares e afetivos também podem surgir.

■ O quadro às vezes leva à depressão.