Fuja das mãos ressecadas: saiba como protegê-las após a higienização

Saiba qual creme usar logo após higienizar as mãos, seja com álcool ou água e sabão

Tainá Goulart Publicado domingo 12 julho, 2020

Saiba qual creme usar logo após higienizar as mãos, seja com álcool ou água e sabão
Opte pelo hidratante próprio para a região - Martin Slavoljubovski/Pixabay

Em tempo de cuidados redobrados com a higiene e uso de álcool em gel, as mãos sofrem com a falta de hidratação. Confira as dicas de dermatologistas para deixar a região mais macia e protegida, claro!

O QUE ACONTECE? 
Higienizar as mãos, seja com a lavagem ou o uso do álcool, resseca a região. Segundo a dermatologista Silvia Zimbres, da Clínica Doux, elas ficam secas por alterações em componentes superficiais da pele, como a redução do manto lipídico ou a gordura, que lubrifica a superfície da derme.

“Isso também pode ocorrer por alterações mais profundas, pelo processo do envelhecimento (perda do ácido hialurônico onde estão imersas as fibras de colágeno, responsáveis pela sustentação da pele)”, explica.

QUAL CREME USAR? 
Opte pelo hidratante próprio para as mãos: “As loções hidratantes corporais são mais fluidas e podem não ter a mesma potência que um creme específico para as mãos. O mesmo produto que você usa no cotovelo, calcanhar, joelho e pés (áreas que ressecam por conta de atritos) podem ser boas opções”, indica a dermatologista Adriana Cairo. O uso de protetor solar também contribui para hidratar as mãos ao longo do tempo.

MELHORES ATIVOS 
Na hora de escolher o produto, fique atenta às palavras como ureia, ceramidas, lanolina, cera de abelha, óleo de argan e de amêndoa - alguns dos melhores ativos para cuidar do ressecamento. As fórmulas feitas para as mãos, geralmente, são siliconadas e formadoras de luvas, o que significa que formam uma espécie de filme de proteção intenso e resistente ao contato de produtos externos e lavagens da região.

CUTÍCULA EM DIA 
Aqui, a orientação é não removê-la, apenas tirar o excesso. “É melhor só empurrar a cutícula porque ela protege as mãos. Se você tirar tudo, vai favorecer a infecção por vírus e bactérias. Hidratá-la com o mesmo creme que usa para as mãos e empurrar a cutícula é a melhor maneira de se proteger”, diz Adriana. Estabeleça horários para hidratar a região, como, por exemplo, de três a quatro vezes ao dia ou de oito em oito horas, quando você usar o álcool em gel.

Último acesso: 06 Aug 2020 - 22:13:54 (1116248).