AnaMaria

Lady Gaga tomou 24 copos de café em um dia: será que faz mal?

Conheça os riscos do consumo excessivo de cafeína e saiba como substituir o café, mas sem perder energia

Vitória Prates, com supervisão de Vivian Ortiz Publicado em 28/01/2022, às 16h45

Lady Gaga tomou 24 copos de café em um dia, saiba se faz mal. - Divulgação/Casa Gucci. Unsplash
Lady Gaga tomou 24 copos de café em um dia, saiba se faz mal. - Divulgação/Casa Gucci. Unsplash

Lady Gaga contou, durante uma entrevista ao apresentador Jimmy Fallon, que chegou a tomar 24 copos de café em um mesmo dia durante as filmagens do longa-metragem ‘Casa Gucci’, em 2020. “Um a cada hora, 24 expressos por dia”, explicou.

Diversos amantes de café por aí certamente fariam igualzinho a cantora e atriz, mas será que isso é saudável? Pois saiba que fazer isso é um perigo para a saúde, pois afeta, principalmente, o Sistema Nervoso Central e o coração, desencadeando sintomas como insônia, taquicardia, fadiga e ansiedade.

“O café é excitatório para o Sistema Nervoso, fornecendo energia, aumentando a percepção de foco e reduzindo a fadiga. O problema é que a cafeína em excesso também pode ser excitatória em excesso”, explica a nutricionista Gabriela Cilla, em entrevista a AnaMaria Digital. Além disso, depois do pico de cafeína vem a queda, e é assim que, em vez de reduzir a fadiga, o café pode potencializá-la.

Uma outra questão importante é que a cafeína não está presente apenas no café. Isso porque a substância também aparece em chás energéticos, guaraná, açaí e encapsulados, fazendo com que um amante de café possa, indiretamente, tomar muito mais cafeína do que deveria. Além deles, o chocolate e os achocolatados, adorados por muitos, também possuem cafeína.

PRA QUÊ TANTO CAFÉ?

Neste caso, a principal dica da nutricionista é buscar entender qual é a real necessidade da ingestão da substância. Muitas vezes, basta regular o que você come para suprir a falta de disposição. “Se o motivo do consumo de cafeína é para aumentar a energia, comer alimentos que forneçam essa energia de forma suficiente seria mais interessante do que tomar café em excesso”, ressalta.

Além disso, é preciso ficar atento aos outros componentes do café que, em excesso, podem ser vilões para o corpo. “O café tem ácidos, e substâncias que podem aumentar o colesterol, elevando os lipídios no sangue'' explica o cardiologista João Vicente da Silveira. Ele explica que, quando esses níveis estão elevados, as chances de desenvolver problemas no coração são maiores: “Isso pode favorecer o entupimento das artérias e, com o tempo, favorecer até o aumento da pressão arterial."

A longo prazo, uma pessoa que bebe café em excesso também aumenta a chance de ter problemas cardíacos mais complexos. “É comum terem taquicardia, mas, se eles têm pressão alta, diabetes, obesidade e são sedentários, existe um risco maior de surgirem doenças no coração, como a arritmia”, afirma. E a péssima notícia é que, quando se tem arritmia, é preciso parar de tomar café de vez, viu?

O CAFÉ FAZ MAL?

De jeito nenhum. De acordo com o cardiologista, o consumo da cafeína, em quantidades controladas, traz vários benefícios. “O café estimula o coração e o cérebro, então também aumenta o nível de atenção”, explica. É por isso que muitos apelam para o cafezinho quando precisam se concentrar, porém, o ideal é que o consumo diário não ultrapasse 4 doses. O cardiologista também frisa a importância de não tomar café à noite, pois seu poder estimulante pode prejudicar o sono.