AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Mais equilibrada com a meditação

A monja Coen ensina para você os segredos da técnica que combate doenças, deixa você mais disposta e joga o seu astral lá para as alturas...

Redação Publicado em 27/08/2015, às 10h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

bem-estar meditação - shutterstock
bem-estar meditação - shutterstock
Se você acha que meditação tem alguma relação com misticismo ou só pode ser praticada por quem faz ioga, é bom rever esse pensamento. A técnica é indicada para todos. Prova disso foi a sessão conduzida pela monja Coen, na Semana de Bem-Estar – evento realizado pelas revistas VIDA SIMPLES, BONS FLUIDOS e RECREIO, da Editora Caras, na Ilha de Comandatuba, na Bahia.

No encontro, ela colocou todo mundo para se exercitar, mostrando que controlar a respiração é a chave para praticar direitinho. “Meu momento  de bem-estar é quando paro e respiro conscientemente. Deixo o ar entrar e sair pelas narinas várias vezes. Isso me acalma”, falou no evento. A seguir, desvendamos para você  os segredos dessa prática, que vai ensiná-la a relaxar e ficar em paz para curtir a vida plenamente!

Até a ciência já atestou a eficácia

Há, pelo menos, três décadas, a medicina tem estudado os benefícios dessa prática para a saúde. Um de seus grandes entusiastas é o cardiologista californiano Dean Ornish – autor do livro Salvando o Seu Coração (Editora Relume Dumará). Ele a prescreve, junto com a dieta vegetariana e a prática regular de exercícios físicos, para seus pacientes. Segundo o médico, que já atendeu a família do ex-presidente Bill Clinton e celebridades de Hollywood, essa mudança de hábitos ajudou 90% de seus pacientes a reverterem as doenças cardíacas e a desbloquearem as artérias entupidas!

Faz muito bem 

... para o corpo
  • Fortalece o sistema imunológico. 
  • Diminui a ansiedade, a depressão e as preocupações com o dia a dia.
  • Ajuda a dormir melhor.
  • Regula a pressão arterial.
  • Reduz os radicais livres, que levam ao envelhecimento.
... para a mente
  • Melhora a concentração e o raciocínio, além de estimular a criatividade.
  • Estimula a produção dos neurotransmissores, que funcionam como analgésicos naturais e tranquilizantes.
  • Deixa você mais equilibrada, tranquila e relaxada.
  • Ajuda a conhecer e prestar mais atenção ao seu corpo.
Tudo muito zen

No segundo dia da Semana de Bem-Estar – que aconteceu de 12 a 18 de julho e teve patrocínio da Kellog’s –, a monja Coen, presidente do Conselho Religioso da Comunidade Zen Budista Zendo Brasil e colunista da Revista BONS FLUIDOS, fez um alerta aos que acham que meditar é dominar os pensamentos. “Meditar é perceber com mais clareza. É ter a consciência 
plena”, disse. E completou: “Não é controlar a mente. É conhecê-la melhor para usá-la melhor”.

Os três passos

O segredo é praticar bastante. Comece e, depois, chame a família para treinar...

  • Escolha um lugar tranquilo e sente-se confortavelmente. Mantenha a coluna ereta e os olhos fechados. Inspire profundamente para encher completamente os pulmões – como se fossem duas bexigas de ar. Ao expirar, esvazie-os totalmente. Mantenha o foco na respiração.
  • Comece aos poucos. Cinco minutos são suficientes para iniciar. Depois, aumente o tempo progressivamente. Meditar 20 minutos por dia é o ideal, segundo Sérgio Cordaro, mestre reiki, especialista em medicina chinesa e um entusiasta da prática. Ele, inclusive, a recomenda para seus alunos de reiki. 
  • Repetir um som pode ajudá-la a se concentrar melhor. Isso acontece porque o turbilhão de pensamentos diminui e o seu foco fica na palavra ou no som que você está repetindo. Sem esforço, repita baixinho. Preste atenção em como sua mente vai serenando conforme você pratica...




{# Taboola Newsroom #}