AnaMaria

Malhação íntima: exercício para fortalecer o assoalho pélvico

Estes exercícios combatem a incontinência urinária e melhoram o desempenho sexual feminino

Raquel Maldonado Publicado em 24/03/2017, às 14h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Shutterstock - Assoalho pélvico mais forte!
Shutterstock - Assoalho pélvico mais forte!
Prazer, eu sou o assoalho pélvico

O assoalho pélvico é um conjunto de músculos, ligamentos e tecidos que revestem a abertura inferior da pelve (bacia). É ele que sustenta o intestino, a bexiga, o útero, os ovários e as trompas. Localizado na região dos genitais, mantém a continência urinária e
fecal e ajuda também no desempenho sexual. Segundo a fisioterapeuta Vanessa Marques, durante a gestação, por causa do peso carregado, a região pode sofrer um enfraquecimento. A idade também é um fator que contribui para isso.


Exercício de fortalecimento

Para sentir os resultados da atividade proposta abaixo, a especialista sugere entre 8 e 12 repetições, três vezes ao dia, durante 
ao menos seis meses. Segundo Vanessa, o ideal é procurar um fisioterapeuta para identificar o grau de força e nível de consciência
corporal do paciente antes de determinar o treinamento individual.

1 Sente-se confortavelmente com pés e joelhos afastados.


2 Leve o tronco a frente e apoie os cotovelos sobre os joelhos.


3 Mantenha barriga, pernas e coxas bem relaxadas.


4 Imagine que está tentando evitar a perda de gases e urina ao mesmo tempo. Você deve sentir uma contração no períneo, região entre a vagina e o ânus. Segure o quanto conseguir aguentar e depois solte lentamente.



Alguns benefícios do fortalecimento da região:

1 Sustentação e proteção de órgãos pélvicos.
2 Prevenção da perda involuntária de urina.
3 Prevenção da saída de gases e fezes.
4 Melhora do desempenho sexual.


Está com incontinência ou alguma questão sexual? Nada de vergonha: compartilhe os sintomas com o seu ginecologista!