AnaMaria

Meu parceiro tem ejaculação precoce; e agora?

Com o estresse, o prazer diminui, por isso a sensibilidade aumenta

Da Redação Publicado em 10/03/2019, às 20h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Volte a ter sintonia entre os lençóis - iStock
Volte a ter sintonia entre os lençóis - iStock

Emílio Sebe Filho, cirurgião especialista em urologia da clínica Lifemen, ajuda a tirar dúvidas sobre o tema. Confira!

• Ejacular após cinco minutos ou mais de relação sexual é comum. No entanto, em menos tempo (logo em seguida à penetração ou com o mínimo de estímulo), já pode se tornar um problema.

• Existem medicamentos para tratar. Como pode estar associada a outras questões, só é possível diagnosticar em uma consulta médica.

• Preservativos não retardam a ejaculação. Mesmo aqueles que contêm substâncias consideradas anestésicas não são eficazes.

• Com o estresse, o prazer diminui, por isso a sensibilidade aumenta, propiciando a tal da ejaculação precoce. Essa não é a única causa, mas pode influenciar no seu aparecimento.