AnaMaria

Nutricionista desvenda os mitos e verdades sobre o pão industrializado

Saber o que você está ingerindo é essencial para manter uma alimentação balanceada

Da Redação Publicado em 30/03/2019, às 18h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

O pão é nutritivo e essencial para fornecimento de energia para o corpo e a mente no dia-a-dia - Ormuzd Alves
O pão é nutritivo e essencial para fornecimento de energia para o corpo e a mente no dia-a-dia - Ormuzd Alves

Com manteiga, requeijão, geleia e até mesmo puro, o pão é um dos alimentos mais versáteis e queridos por parte das famílias. 

Ao contrário do que alguns pensam, por ser fonte de carboidrato, o pão é nutritivo e essencial para fornecimento de energia para o corpo e a mente no dia-a-dia. 

"Nas versões industrializadas, que são ainda mais práticos e possuem maior prazo de validade, encontramos ainda mais opções com apelo de saudabilidade, como os integrais, enriquecidos com grãos, entre outros", explica Marcela Tardioli, consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI).

Com tanta popularidade, a nutricionista bateu um papo com AnaMaria e lista algumas curiosidades e desvenda mitos e verdades sobre o alimento.

Pão de forma é realmente o vilão das dietas
Mito. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os carboidratos devem contribuir com 60% do total de calorias ingeridas. 

Dentro dessa recomendação, o consumo de pão não faz mal à saúde e não contribui para o aumento do peso desde que seja consumido com moderação e em porções corretas, assim como qualquer outro alimento. Além disso, é importante se atentar ao que escolhemos para adicionar no pão como manteiga, requeijão ou queijos, que podem acabar deixando-o mais calórico.

Nem todo pão de forma dito como integral é, de fato, integral
Verdade. Fique sempre atento ao rótulo. O primeiro ingrediente descrito é o que tem em maior quantidade no produto. Para o pão ser considerado integral deve vir descrito na lista dos ingredientes em primeiro lugar a farinha de trigo integral e não farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, por exemplo.

A opção de pão de forma integral é mais saudável
Verdade. O pão integral é rico em fibras, que favorecem o controle dos níveis de gordura no sangue e contribuem positivamente para melhores índices glicêmicos, principalmente após as refeições. Dessa forma, os alimentos integrais podem contribuir para redução do risco de doenças do coração e de diabetes, quando inseridos em uma dieta balanceada aliada a hábitos saudáveis de vida.

No processo de perda de peso, não é recomendado ingerir pão nem antes e nem depois de atividades físicas
Mito. Uma boa alimentação para academia prevê carboidratos associados a fontes de proteína, especialmente no período pós-treino. Portanto, ingestão do alimento ajuda a recarregar a energia do corpo, favorecendo a recuperação muscular e evitando a fadiga.

O pão promove a formação de serotonina
Verdade. Alimentos ricos em carboidratos contribuem para a formação deste neurotransmissor, responsável pelo humor e sensação de bem-estar. Sendo assim, consumir pão pode ajudar a manter a disposição e alto-astral no dia-a-dia.

Comer pão deixa inchado
Mito. Como já dito anteriormente, o pão em si não faz mal se consumido moderadamente. Mas, um fator que pode provocar a sensação de inchaço é se a pessoa for celíaca, isto é intolerante ao glúten. Por isso, em caso de desconforto abdominal, é importante procurar um profissional para uma melhor avaliação e orientação.