Os perigos da insolação nos idosos

Veja os cuidados que você deve tomar

Paulo Cami Publicado segunda 5 março, 2018

Veja os cuidados que você deve tomar
Os perigos da insolação nos idosos - iStock

"Quais os cuidados que devemos ter no verão com o calor e com o sol?”
I. V., por e-mail

Mantenha-se hidratada! As bebidas preferenciais são a água, sucos de frutas ou água de coco, além das famosas bebidas isotônicas usadas por praticantes de atividade física. Bebidas alcoólicas nunca devem ser usadas para hidratação: elas estimulam o corpo a perder líquido. Abrigue-se do sol sempre que possível, evitando se expor diretamente por muito tempo entre as 10h e 16h, quando as
temperaturas são mais elevadas. E por fim, use roupas leves, que facilitem a transpiração e procure ficar em ambientes bem ventilados ou climatizados. Os idosos perdem a capacidade do corpo de se adaptar às variações de temperatura. Isso vale tanto para temperaturas frias
quanto quentes. Sendo assim, há mais risco de desenvolverem insolação e os sintomas são ainda mais graves do que nos jovens. Aí a temperatura do corpo sobe, fica acima do ideal, que é 37 °C, o que compromete todos os órgãos do corpo humano. Quem tem casos mais leves da doença apresenta sintomas como mal-estar, tontura e náuseas. Porém, em situações graves, podem ocorrer muitas complicações. A temperatura elevada no corpo dá desidratação, alterações no sistema cardiovascular, lesão das células do fígado, dos rins e dos músculos! O aumento de temperatura começa a gerar lesões nos neurônios e há situações extremas em que os pacientes podem ter convulsões e entrar em coma! Ainda pode ocorrer colapso do sistema circulatório, insuficiência renal e hepática. É importante, ao identificar situações graves, sempre levar a pessoa o mais rápido possível para atendimento médico. Caso isso não seja possível imediatamente, lembrar de, em primeiro lugar, retirar a pessoa do local onde ela está e transportá-la para local fresco e arejado.

Maneiras de ajudar quem exagerou no sol
Outras maneiras de auxiliar quem está com insolação: tirar o máximo de peças de roupas e caso a pessoa ainda esteja acordada, ofertar
líquidos frescos em abundância, preferencialmente água. Também podem ser sucos de frutas, água de coco ou bebidas isotônicas. Colocar compressas geladas na nuca, testa, axilas e virilhas ajuda a fazer a temperatura do corpo cair mais rapidamente. Não dê
alimentos nessa fase, pois eles podem estimular a pessoa a vomitar... O ideal é que a pessoa só coma algo depois de os sintomas
melhorarem bastante!

PAULO CAMIZ é geriatra e professor da Faculdade de Medicina da USP. É também idealizador do projeto “Mente Turbinada”, que desenvolve exercícios para o cérebro. Para ler outros artigos escritos por ele, acesse ogeriatra.com.br

Envie suas perguntas para Paulo Camiz pelo e-mail anamaria@maisleitor.com.br

Último acesso: 20 Sep 2021 - 01:00:02 (1037966).