AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Pais se recusam a vacinar filhos e escola sofre surto de catapora

Caso virou notícia e mostra importância da vacinação

Por Reportagem Publicado em 23/11/2018, às 12h06 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Vacinação também é importante as pessoas ao redor - Banco de imagens/Shutterstock
Vacinação também é importante as pessoas ao redor - Banco de imagens/Shutterstock

Um surto de catapora em uma escola particular na cidade de Asheville, no estado da Carolina do Norte (EUA), deixou as autoridades locais preocupadas.

No total, 36 casos de catapora já foram registrados. O motivo, de acordo com a imprensa internacional, é o fato de alguns pais se recusarem a vacinar seus filhos.

Apesar de ser obrigatória, a recusa é permitida em alguns estados norte-americanos, como no caso da Carolina do Norte. 

Entre os motivos da recusão, estão questões religiosas. Esta escola, inclusive, é uma das que possuem menos crianças vacinadas.

"Algo que pessoas precisam entender é que, quando você tem bolsões de pessoas não vacinadas, elas servem como reservatórios para doenças", disse a enfermeira Susan Sullivan, em entrevista ao Kare11.

CATAPORA

A doença, apesar de ser uma infecção leve, pode ser muito perigosa. Especialmente para as pessoas ao redor que possuam alguma vulnerabilidade.

Isso inclui gestantes, portadores do vírus HIV, pacientes que fazem quimioterapia e com saúde debilitada.

A doença é transmitida pelo ar, sendo mais comum no inverno. A vacinação é a principal forma de combater a doença.

{# Taboola Newsroom #}