AnaMaria
Bem-estar e Saúde / Vida saudável

Quer dormir bem? Saiba como ter uma noite de sono reparadora

Descansar é uma necessidade humana, mas a quantidade de horas passadas na cama nem sempre significa qualidade do sono. Veja nossas dicas para dormir melhor

Da Redação Publicado em 16/10/2018, às 11h25 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Sono tranquilo - Banco de Imagens
Sono tranquilo - Banco de Imagens

Dormir bem é essencial para o ótimo funcionamento de nosso cérebro e organismo. Um estudo realizado pela Universidade de Lausanne, na Suíça, ressalta que a insuficiência de sono é uma característica comum no estilo de vida moderno e representa um sério problema de saúde pública.

Tudo porque, quando a noite não é boa, nosso cérebro tem dificuldade em organizar a produção de hormônios e de diversas substâncias necessárias para o bom desempenho das atividades diárias.

CANSAÇO E SONOLÊNCIA

De acordo com a Fundação Nacional do Sono (FUNDASONO) , a curto prazo a baixa qualidade do sono pode ocasionar alterações repentinas de humor, cansaço e sonolência durante o dia, além de lentidão do raciocínio e dificuldade de concentração.

Já a longo prazo, essa dificuldade em dormir bem pode causar envelhecimento precoce e a tendência a desenvolver obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e gastrointestinais.

QUANTIDADE NEM SEMPRE É QUALIDADE

A FUNDASONO ressalta ainda que a quantidade de horas de sono necessárias varia conforme cada pessoa e organismo. Algumas só ficam bem após oito horas de sono, enquanto outras precisam de apenas quatro horas para estarem dispostas no dia seguinte. Assim, mais importante do que quantidade é a qualidade das horas passadas dormindo. 

Por isso, no decorrer da noite, é imprescindível descansar sem interrupções e de forma reparadora. Ou seja: se você está acordando frequentemente exausto, isso pode ser um sinal de que algo está errado. Para garantir maior qualidade de vida, é fundamental conversar com um especialista em medicina do sono.

SONO DOS ANJOS

Prestar atenção nas características do sono, e modificar alguns maus hábitos, pode ajudar você a dormir melhor. Veja algumas dicas:

• Pegue leve na comida

Comer bastante, ou exagerar nos alimentos muito gordurosos, certamente vai ser um problema na hora de dormir bem. Catia Ruthner, nutricionista do W Estética & Spa, recomenda o consumo de itens leves, como saladas e sopas.

• Fuja dos doces

Ela também ressalta que devemos evitar a ingestão de açúcar, sobretudo logo antes de ir para a cama. “Isso evita um pico de energia seguido de queda entre 30 a 60 minutos após a ingestão, o que pode prejudicar o sono e causar ansiedade”, diz. 

• Desconecte-se e relaxe

Uma dica da naturóloga Mariana Vitte é colocar o celular para carregar e esquecer do aparelho. Aproveite o momento para fazer uma automassagem relaxante. “Comece pelas mãos, fazendo movimentos circulares por três minutos. Para diminuir a insônia também é indicado massagear o lóbulo, a parte inferior e mole da orelha que corresponde a área cerebral, por cinco minutos”, ensina.