Saiba como envelhecer com saúde e qualidade de vida

Especialista sugere 5 atitudes para alcançar a longevidade da melhor maneira possível

Karla Precioso Publicado domingo 16 maio, 2021

Especialista sugere 5 atitudes para alcançar a longevidade da melhor maneira possível
Alguns hábitos podem permitir que você viva a melhor idade de maneira saudável - Pixabay

Dados comprovam que a expectativa de vida da população mundial aumenta a cada ano. No Brasil, pesquisas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que a expectativa de vida da população cresceu 31,1 anos, de 1940 para cá. Segundo o médico especialista em medicina integrativa, Carlos Reginato, enquanto os estudos indicam o aumento de tempo de vida das pessoas, a ciência comprova que determinados hábitos, tratamentos e mudanças são fundamentais para que a longevidade seja mais saudável e feliz:

“Melhor do que viver mais é sentir-se bem, podendo extrair o melhor que o seu corpo oferece”, ressalta o especialista. O profissional reforça que a procura por suplementos e vitaminas, medicina preventiva, re-educação alimentar, tratamento para a insônia e o controle da ansiedade e estresse é uma constante atualmente, portanto, é preciso tratar a pessoa como um todo, de forma ampla e profunda, estabilizando os três pilares fundamentais, que são o corpo, a mente e a energia. Para isso, Reginato revela as atitudes capazes de fazer você alcançar a longevidade com muito bem-estar.

HOMEOSTASE METABÓLICA (EQUILÍBRIO CORPORAL)
É fundamental alcançar o equilíbrio perfeito do metabolismo, oferecendo ao organismo ortomoleculares, como hormônios, vitaminas e minerais, que estejam em falta. São essas “pecinhas” que formam o corpo. Para ter a referência correta de quais são estes elementos, não basta realizar exames laboratorias. É fundamental uma avaliação médica e tratamento focado na necessidade de cada indivíduo.

ESTRESSE E ANSIEDADE
Vivemos uma época de muita exigência mental e o estresse tem sido um dos grandes males da humanidade. A ansiedade não fica atrás, até porque ela é uma consequência do estresse não tratado. O excesso de exigências pessoais, compromissos, autocobrança, acúmulo de tarefas, entre outros fatores, podem gerar estresse que, ao longo do tempo, se transforma em ansiedade. Esses dois elementos da mente humana enviam mensagens ao corpo a todo momento, exigindo muita energia, foco, agilidade, destreza e determinação. Essas mensagem desencadeiam inúmeras reações, como liberação de hormônios, alteração das frequências cardíaca e pulmonar, que favorecem o surgimento de doenças e dificultam o processo da longevidade.

HIDRATAÇÃO
Beber água é fundamental para o bom desempenho do corpo. É com o líquido que o organismo produz as principais funções, como quebra de gorduras (emagrecimento), desintoxicações naturais, digestão, melhora das articulações, pele e intestino, por exemplo. Sem o consumo ideal de água, a longevidade com saúde torna-se impossível.

DESINTOXICAÇÃO
Toxina é um lixo no organismo. Tendo em vista que o corpo humano produz elementos tóxicos naturalmente a todo momento, há um acúmulo no organismo, muito além do que ele é capaz de suportar. Eliminar essas toxinas é de extrema necessidade. Há processos de desintoxicação natural, que acontecem com a ingestão suficiente de água e nutrientes específicos do tipo clorella (espécie de alga verde) e couve orgânica. Um corpo repleto de impurezas não consegue funcionar corretamente, o oposto do que é necessário para alcançar a longevidade bem e feliz.

CONTATO COM O DIVINO/SAGRADO
A medicina e a ciência, cada vez mais, procuram entender os chamados milagres da fé, uma conexão com o que ainda não conseguimos definir. O que já se tem são comprovações práticas de pessoas que conseguiram curas ou melhoras significativas, associando a fé aos seus tratamentos. Alguns experimentos também comprovam alterações fisiológicas (pressão arterial, frequência cardíaca e respiratória) no exercício da fé. Algumas leituras cerebrais, feitas pelo eletroencefalograma, também mostram diferenças em quem mantém a fé: “Como médico e ser humano que sou, abordo com meus pacientes a importância desse tema, afinal, não tem nada mais longevo que a história possa nos mostrar do que a própria fé”, conclui o especialista.

Último acesso: 26 Jul 2021 - 06:37:10 (1144838).