AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

Sensibilidade nos dentes: o que é e quais alimentos podem causar?

Descubra as causas da sensibilidade nos dentes, aprenda os cuidados essenciais para aliviar o desconforto e saiba como o flúor pode ajudar

sensibilidade nos dentes - Foto: Reprodução/Freepik
sensibilidade nos dentes - Foto: Reprodução/Freepik

A sensibilidade nos dentes é um incômodo comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo e talvez, você mesma. Essa condição surge quando o esmalte dental se desgasta ou quando a gengiva se retrai, expondo a dentina, uma parte sensível dos dentes.

Quando essa exposição ocorre, líquidos dentro do dente são deslocados, estimulando as terminações nervosas e causando sensibilidade. Alimentos e bebidas ácidas, como frutas cítricas, refrigerantes, café e chá, podem agravar esse problema.

Você também pode ter alguma sensibilidade nos dentes por conta de alimentos ou bebidas geladas. É importante destacar que alimentos ou bebidas muito geladas não são a causa principal da sensibilidade dentária, mas sim um fator desencadeante em indivíduos que já apresentam essa condição.

AnaMaria conversou com o professor de odontologia Alípio Guedes, sobre o assunto. Ele explica que a erosão do esmalte pode acontecer por diversos motivos, como o traumatismo dental por oclusão inadequada (abfração), refluxo gástrico, bulimia e até mesmo escovação agressiva.

Para fazer a escovação correta, use uma escova com cerdas macias e cabeça pequena o suficiente para alcançar todas as áreas da boca facilmente. Faça movimentos curtos e suaves, de vai-e-vem, para limpar todas as superfícies dos dentes, tanto os externos quanto os internos.

Escove os dentes por pelo menos dois minutos, dedicando cerca de 30 segundos para cada quadrante da boca (superior direito, superior esquerdo, inferior direito, inferior esquerdo). Faça isso pelo menos duas vezes ao dia, de preferência após as refeições principais e antes de dormir.

Complemente a escovação com o uso diário de fio dental para remover a placa bacteriana e os resíduos alimentares entre os dentes e abaixo da linha da gengiva. Se desejar, use um enxaguante bucal sem álcool para complementar a limpeza e ajudar a combater as bactérias que causam mau hálito.

Substitua a escova de dentes a cada três meses ou quando as cerdas estiverem desgastadas. Não deixe de fazer limpezas profissionais e exames odontológicos, que são essenciais para manter a saúde bucal em dia.

Bruxismo é sério e pode fazer você quebrar os dentes; como resolver?

Entendendo a sensibilidade dentária: causas e cuidados essenciais

A sensibilidade dentária não é algo natural e está sempre associada a algum problema específico. Para lidar com a sensibilidade, é essencial adotar cuidados específicos que envolvem tanto a sua higiene quanto hábitos alimentares.

Manter uma boa higiene bucal, usar creme dental fluoretado e evitar alimentos ácidos são medidas importantes. Além disso, consultar regularmente um dentista é fundamental para prevenir e orientar sobre condutas para evitar o problema.

O flúor ajuda a fortalecer o esmalte dos dentes. O esmalte é a camada externa dos dentes e é essencial para protegê-los contra cáries e danos. Em alguns casos, o flúor pode ajudar a reduzir a sensibilidade dentária, fortalecendo o esmalte e protegendo as áreas sensíveis dos dentes.

O uso de creme dental com flúor é benéfico para pessoas de todas as idades, desde crianças em desenvolvimento até adultos e idosos, pois ajuda a manter a saúde dos dentes ao longo da vida. Nas crianças, se atente para que ela não faça a ingestão do creme dental.

Sensibilidade não é uma questão exclusiva de idade ou genética, mas sim de hábitos e cuidados diários. É crucial buscar tratamento profissional para identificar a causa subjacente da sensibilidade e receber orientações personalizadas.

Ignorar os sintomas ou apenas evitar certos alimentos pode agravar o problema com o tempo, levando à perda dental. A consulta regular ao dentista é fundamental para prevenir a erosão do esmalte e a retração gengival, garantindo assim a saúde bucal a longo prazo.

Leia também

Acabe de vez com a sensibilidade nos dentes

Especialista explica se a sensibilidade nos dentes aumenta em dias de calor

“Meus dentes têm mais sensibilidade no inverno. Por quê?”