AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Teste:Saiba como lidar com seus sentimentos

Sim, dá para ser mais feliz, confiante e serena. E nem é preciso se reinventar – basta ajustar como reage às emoções. Responda às perguntas e comande sua vida!

Redação Publicado em 26/10/2015, às 14h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

bem-estar - shutterstock
bem-estar - shutterstock
1 Quando está triste, o que você faz para melhorar? 
❑ A Rapidamente engrena uma atividade para distrair a cabeça e não permitir que esse incômodo cresça.
❑ B Entrega-se ao sentimento, ouve uma música triste e fica angustiada.
❑ C Reflete sobre o que está sentindo e as razões que levaram a isso e busca algo produtivo pra fazer.

2 Você recebe a notícia de que um parente querido faleceu. Como reage?
❑ A. Faz uma lista das providências que precisa tomar e depois recorre a um calmante para dormir.
❑ B. Experimenta uma mistura de sentimentos dolorosos, como pânico.
❑ C. Reconhece que enfrenta um momento difícil e pede o suporte de uma pessoa de confiança.

3 A atendente de uma loja se recusa a trocar uma peça que você comprou, mesmo com a etiqueta e o cupom fiscal. Você... 
❑ A. Fica chateada, mas, sem insistir, se desculpa com a moça e sai da loja.
❑ B. Perde a calma, aumenta o tom da voz e esbraveja sobre os seus direitos. Horas depois do incidente ainda fica bufando de raiva!
❑ C. Pergunta educadamente se pode conversar com o gerente para explicar a situação. Em paralelo, já vai pensando em soluções, como presentear a amiga, vender na net...

4 Durante uma conversa, a sua irmã exagera nas palavras e acaba ferindo os seus sentimentos. Então...
❑ A. Mesmo muito chateada você não a confronta e deixa pra lá. Ela não deve ter tido a intenção...
❑ B. Despeja toda a sua raiva na hora, para que fique claro como ela a ofendeu. Além disso, aproveita para destacar pontos negativos sobre a sua irmã.
❑ C. Espera algum tempo para amenizar o calor das emoções e depois liga para ela, dizendo como se sentiu mal.

5 Você vai passar horas sozinha em casa, por isso...
❑ A. Liga a TV, o rádio, às vezes até os dois aparelhos ao mesmo tempo. O silêncio incomoda.
❑ B. Começa a pensar na roupa para lavar, nos e-mails que precisa responder... Assim, fica tão tensa que mal consegue tirar proveito dos momentos para relaxar.
❑ C. Aproveita para finalizar tarefas pessoais e da casa, já que o seu tempo renderá mais. Porém, guarda uns minutinhos para curtir!

6 Você acorda de madrugada tensa com a reunião que terá na empresa. O que faz?
❑ A. Vira para o lado e volta a dormir. Afinal, o que posso fazer por mim a uma hora dessas, né?
❑ B. Passa um tempão olhando para o teto e para o despertador, completamente irritada com o fato de não conseguir desligar a mente.
❑ C. Tenta relaxar outra vez e coloca o relógio para despertar um pouco mais cedo. Assim, dá para fazer tudo com mais calma 
e revisar a apresentação antes. 

---  Resultado  ---

Mais alternativas A
❱ Deixe fluir as emoções:
Por medo de sofrer ou ter que confrontar as pessoas e desagradá-las, você sempre desvia e reprime o que sente. Por um lado isso pode protegê-la, mas impede que se desenvolva. Em vez de bloquear as emoções, experimente parar e tente imaginar o desenrolar dela. É a conversa séria com aquela amiga que a preocupa? Vá criando imagens mentais desde o momento da sua chegada até a abordagem do assunto delicado. Você sentirá a ansiedade aumentar à medida que for avançando, mas, aos poucos, irá se acalmar e criar mais confiança para atuar quando isso acontecer mesmo.

Mais alternativas B
❱ Desintoxique a alma:
Parece que você se descontrola facilmente e quando está nervosa quer que o mundo todo saiba da sua desaprovação. No entanto, ao perceber que o estardalhaço não adiantou, se sente frustrada e envergonhada. Para que esse ciclo de emoções negativas não se estabeleça, desacelere! Quem foi que disse que você precisa responder imediatamente a tudo o que acontece? Tente tirar o foco do outro e trazê-lo para você. Preste atenção na sua respiração, por exemplo. Evite também remoer os sentimentos negativos após o evento desagradável. Pra quê, né?

Mais alternativas C
❱ Continue no autocontrole:
Uau, você sabe lidar com as emoções! Entende que, se algo a chateia, vale a pena refletir sobre a intensidade, os motivos e o que você pode fazer para se sentir melhor. Sabe também que crises e problemas devem ter um prazo de validade. Assim, tenta solucioná-los da melhor forma, aprendendo com a experiência. Também nota que precisa seguir adiante, dando a oportunidade para que venham novas vivências e lições. É claro que ninguém é perfeito e você também tem os seus dias de descontrole, mas tudo bem! O importante é se propor a melhorar sempre, se conhecer cada vez mais.


4 passos para a mudança interior

  • Você é a responsável pela sua felicidade. Por isso, evite ideias do tipo “serei feliz quando encontrar um amor”. 
  • Ensine as pessoas como elas devem tratá-la. Por exemplo, se sobrecarregou, mas passou a mensagem de que dá conta? Não adianta reclamar que está atarefada. Diga o que precisa!
  • Não transforme coisas que deveriam ser simples em gatilhos para a ansiedade excessiva.
  • Alinhe as suas atitudes com os seus desejos e valores. Não vale a pena dizer “sim” para os outros se o preço for dizer “não” para você mesma.