AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Vai malhar já!

Diz aí, Susana!: "Se você deixar de malhar hoje porque está com preguiça, pode ter certeza que amanhã terá mais ainda"

Susana Vieira é atriz, mãe de Rodrigo e avó de Rafael e Bruno. E agora escreve aqui para você. Publicado em 12/08/2015, às 17h40 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Coluna Suzana 981 - Rodrigo Lopes
Coluna Suzana 981 - Rodrigo Lopes
Todo mundo sabe que exercício físico é uma das coisas mais importantes para nossa saúde, mas na hora de calçar o tênis e praticar alguma atividade... Cadê o ânimo? A palavra-chave para mim é disciplina. E essa é uma atitude essencial para tudo na vida. Sem ela, a gente não passeia, não trabalha, não mantém uma relação... E, no caso da ginástica, digo mais: se você deixar de malhar hoje porque está com preguiça, pode ter certeza que amanhã terá um pouco mais de preguiça. É por isso que, no momento em que eu decidi que iria colocar a academia na minha vida, não tirei mais! 

Aí, é uma questão de adaptar o que é melhor para você. Tem gente que diz que só consegue se exercitar se for do ladinho de casa. Eu não: prefiro colocar a meia, o tênis, aquela malha justíssima que dá trabalho de vestir e ir! O trajeto me deixa menos preguiçosa. E ainda tento marcar mais de uma atividade no mesmo dia. Depois que liga o motor da ginástica, você faz o que for! E o fato de ter mais gente em volta, com música animada e professores incentivando, ajuda.

Há anos sigo alguns rituais. Um deles é uma aula de balé (que eu pratico desde os 6 anos de idade) que mistura alongamento e respiração. É um exercício puxado, mas que me deixa relaxada: fico por uma hora totalmente concentrada tentando espichar 
o corpo o máximo que eu puder. A outra parte do ritual é a musculação, que eu adoro – e gosto de pegar forte, levantando peso mesmo! Às vezes, se sinto dor no ciático, faço pilates, mas prefiro os aparelhos de musculação. E tenho ainda a esteira, que fica dentro do meu quarto, como aprendi com meu amigo Tony Ramos: em dias em que não deu tempo, esteira por uma hora antes do jantar, vendo TV! 

Tem outro costume que peguei de amigos: Andréa Beltrão me deu um toque há muitos anos sobre o RPG, que ela fazia. Eu estava começando a andar curvada e desde que passei a fazer a reeducação da minha postura, fui ficando mais retinha. O fato de ter feito balé desde nova me ajuda, pois o corpo guarda a memória da musculatura. Aliás, todo pai deveria incentivar o filho a fazer esportes. É uma ajuda e tanto! E você, já malhou hoje? Não deixe para depois, não!