bem-estar-e-saude   / Dicas capilares

Veja 6 erros mais comuns nos cuidados com cabelos crespos

Segredo está no uso de produtos adequados e a higienização correta dos fios

Da Redação Publicado quarta 12 maio, 2021

Segredo está no uso de produtos adequados e a higienização correta dos fios
O cabelo crespo tende a ser mais ressecado. - Rodger Shija/Pixabay

Os cabelos crespos são lindos, poderosos e cheios de personalidade. Para cuidar deles, não tem mistério: basta adotar algumas práticas no dia a dia e evitar hábitos que podem comprometer a saúde dos fios. 

Segundo a tricologista Viviane Coutinho, membro-docente da Academia Brasileira de Tricologia (ABT), o cabelo crespo possui uma estrutura bem diferente dos fios lisos, ondulados e até mesmo cacheados. Por conta desta individualidade, precisa de cuidados específicos.

"Muitas pessoas acreditam que o cabelo crespo é mais resistente, mas isso não é verdade. Pelo contrário, o fio crespo é mais fragilizado porque a queratina não é tão bem distribuída. Por isso, requer uma rotina de cuidados que favoreça suas características”, explica.

Conhecidos como cabelos tipo 4ABC, os fios crespos não apresentam formatação definida de cachos, sendo mais comum o formato em “Z”. Essa forma dificulta a passagem dos óleos naturais por todo o folículo, impedindo que a oleosidade natural do couro cabeludo chegue até as pontas. Assim, esse tipo de cabelo tende a ser mais ressecado.

O fator encolhimento também é outro traço marcante dos cabelos crespos, o que dá a impressão de demora de crescimento. "Mas isso acontece por causa do formato mesmo. Em condições saudáveis, ele apresenta a mesma velocidade de crescimento dos cabelos de outras texturas", diz. 

Para Viviane, o principal erro na hora de cuidar dos fios crespos é deixar de entender as necessidades do cabelo. AnaMaria Digital aponta outros hábitos que devem ser evitados ou corrigidos para conquistar madeixas crespas incríveis. Veja!

1 - LAVAR OS CABELOS TODOS OS DIAS
Por ser um produto limpante, o shampoo reduz ainda mais a hidratação dos fios, o que acaba causando ressecamento extra no cabelo crespo. Portanto, é importante que a pessoa lave o cabelo com intervalos de alguns dias, sempre condicionando os fios na sequência – para repor todo o óleo que foi perdido na lavagem.

2 - ESCOLHER PRODUTOS INADEQUADOS
Muitos cosméticos prometem inúmeros benefícios para o cabelo, mas é necessário ter cuidado na hora de comprá-los, pois o uso de produtos inadequados pode influenciar bastante a aparência dos seus cabelos. "A grande dica é conhecer o seu tipo de cacho e sempre investir em produtos específicos para a textura crespa”, explica.

Quem tem cabelos finos e deseja dar um ar mais volumoso aos fios, pode apostar nas mousses, por exemplo. "Já quem possui madeixas mais pesadas, deve focar na hidratação”, orienta. 

3 - USAR TOALHA INADEQUADA PARA SECAR O CABELO
Este simples hábito já pode causar danos ao cabelo, pois o atrito nos fios é um dos grandes causadores do temido frizz. Toalhas mais ásperas, por exemplo, podem até mesmo levar a quebra dos fios. Neste caso, o melhor é escolher toalhas mais macias e delicadas para retirar o excesso de água. "As de algodão e de microfibra são acessíveis e já resolvem o problema”, ressalta a tricologista.

4 - PENTEAR O CABELO SECO
O ideal é não pentear o cabelo crespo quando ele já estiver seco, sendo melhor fazer isso ainda estão molhados. “É essencial umedecer as mechas, aplicar um creme de pentear e usar pentes de dentes largos ou próprios dedos durante o processo. Já o pente garfo, bastante utilizado pelas crespas, tem a função de levantar e dar volume à raiz, então precisa ser usado nessa região”, acrescenta.

5 - NÃO APOSTAR EM UMA FINALIZAÇÃO ADEQUADA
Seja creme de pentear, mousse, leave-in, óleo, spray ou gelatina, o mercado atual oferece várias opções de finalizadores. Para saber qual funciona melhor no cabelo e traz o efeito desejado quando seco, não tem jeito: é fundamental fazer testes.

“Esse produto serve para selar a cutícula dos fios, lubrificar a fibra, além de conferir força e resistência. Invista em um finalizador de qualidade para sempre estar com os fios prontos para qualquer evento ou ocasião, mas cuidado: não precisa abusar na quantidade. O excesso de resíduos também pode comprometer a saúde capilar”, ressalta. 

6 - DEIXAR DE LADO O CRONOGRAMA CAPILAR
Para ter cabelos crespos saudáveis, seguir um cronograma capilar é super importante. No caso dos fios crespos, uma das etapas essenciais é a da nutrição.

“Não dá apenas para se preocupar com a aparência das madeixas e cuidar da superfície do fio. Além dos cuidados diários, os tratamentos profundos são maravilhosos para manter os cabelos saudáveis. Assim, será possível devolver a água, óleo e queratina que o cabelo perde no dia a dia”, completa.

Último acesso: 22 Sep 2021 - 20:09:02 (1144638).