Veja 8 dicas para você evoluir da caminhada para a corrida sem sofrimento

Acima de tudo, evitando lesões durante o processo de transição de exercício

*Vanessa Fusrtenberger, colunista de AnaMaria Publicado sexta 2 abril, 2021

Acima de tudo, evitando lesões durante o processo de transição de exercício
Comece a correr aos poucos, com essas dicas! - Pixabay

Caminhar é sempre uma boa opção para sair do sedentarismo. Simples de fazer, e com a vantagem de poder ser feita em qualquer lugar, basta colocar uma roupa confortável e um tênis com bom amortecimento para garantir a saúde das articulações.

Apesar da simplicidade, depois de um tempo caminhando por uma hora diariamente, o corpo acaba se acostumando. Com isso, você vai perceber que já não existe mais a necessidade de adaptação do corpo como no início, o que acaba por tornar o estímulo muito leve, evitando que o corpo gaste muita energia para realizá-lo.

Quando isso acontece, podemos aumentar essa necessidade de adaptação fazendo com que o organismo gaste mais energia e nos traga mais benefícios ao evoluir para a corrida.

Ela vai exigir um esforço maior, pois pede que o corpo trabalhe mais. Isso é bom tanto para quem quer emagrecer, quanto para quem quer melhorar o condicionamento e também a saúde.

Pensando nisso, fiz uma lista pra te ajudar a evoluir da caminhada para a corrida de maneira segura. Separei também alguns exercícios de fortalecimento pra melhorar a força muscular e evitar lesões durante essa transição. Vamos lá? 

  1. Antes de passar para a corrida, por ser um exercício mais intenso, o ideal é passar pelo médico para fazer um check up;
  2. Para o corpo ir se condicionando, comece de forma gradativa, intercalando a caminhada com poucos minutos de corrida;
  3. Não fique preocupado com a velocidade. Neste momento inicial, o mais importante é ir aumentando gradativamente o tempo de corrida;
  4. Dê importância ao fortalecimento muscular para evitar qualquer tipo de lesão por impacto ou repetições;
  5. Não correr todos os dias, mas sim em dias intercalados. Quando não tiver corrido, apenas caminhe para continuar condicionando.
  6. Lembrar que o corpo precisa descansar, portanto dê um ou dois dias de descanso. Pode treinar a corrida 3x por semana, se quiser caminhar 2x e deixar os outros dias para se recuperar, o que evita treinos em excesso. Eles não são bons nem para o corpo e nem para a saúde;
  7. A esteira é uma forma de ter sob controle o tempo e a velocidade e pode ser uma boa opção para os treinos intervalados;
  8. Use roupas leves e um tênis com um bom amortecedor, pois a corrida é mais intensa do que a caminhada apenas. E quanto menos desconforto neste momento, melhor.

Dou dicas de fortalecimento no vídeo desta matéria. Ele também pode ser encontrado neste link.

VANESSA FURSTENBERGER é educadora física desde 1995. Mesmo sendo profissional do esporte, tinha dificuldade para manter o peso saudável, não tinha equilíbrio na alimentação e chegou a pesar 98 kg. Com 40 anos eliminou 40 kg e hoje ajuda pessoas a estabelecerem um estilo de vida saudável e equilibrado. Aqui em AnaMaria, compartilha dicas para um estilo de vida mais leve e com saúde! Instagram: @va.personal

Último acesso: 17 Apr 2021 - 19:52:41 (1143144).