AnaMaria

Você sabia que existe um jeito certo para treinar em casa?

Como treinar em casa do jeito certo? Confira 4 dicas para manter a segurança

Ives Ferro Publicado em 07/04/2020, às 08h00

A carga para cada exercício depende do quanto cada pessoa aguenta. Quando chegar à última repetição, o certo é que o movimento já esteja falhando - iStock
A carga para cada exercício depende do quanto cada pessoa aguenta. Quando chegar à última repetição, o certo é que o movimento já esteja falhando - iStock

Na tentativa de continuar com uma rotina saudável mesmo em meio à quarentena, muitas pessoas estão praticando exercícios físicos por conta própria em casa, o que é ótimo!

No entanto, saiba que é preciso ter alguns cuidados na hora de executar os movimentos e, principalmente, respeitar os seus limites.

AnaMaria Digital conversou com o ortopedista Alexandre Stivanin, membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) e do Hospital Samaritano, localizado em São Paulo (SP), e separou algumas dicas infalíveis para você treinar com segurança em casa.

Confira!

1 - RESPEITE SEU LIMITE
Para quem tem alguma lesão no joelho, como por exemplo a condromalácia (cartilagem danificada), agachamentos podem ser um problema. Assim, evite o movimento completo ou faça até 45º inicialmente. Depois, conforme for adquirindo resistência, você pode alterar essa faixa de angulação. Outra dica importante: na hora de fazer o movimento, nunca deixe os joelhos passarem os dedos dos pés, certo?

2 - ESTOU FAZENDO ERRADO?
O primeiro passo para saber se o exercício está te fazendo mal é aquele alerta básico que seu corpo dá: dor ou inchaço durante ou após o movimento. Estes são os principais sinais para verificarmos se o exercício está sendo feito adequadamente, ou se nós temos alguma alteração ou lesão prévia que pode causar piora no quadro.

3 - POSSO TOMAR REMÉDIO PARA DOR?
Depende. Se for dor muscular por um treino que não está acostumado, você até pode tomar um analgésico, mas muito cuidado com os anti-inflamatórios, porque eles provocam alteração no ganho da fibra. E como isso funciona?

Quando praticamos exercícios, principalmente os de força, temos algumas lesões “naturais”. Elas ajudam a musculatura a crescer e causar um ganho de massa (hipertrofia). Essas lesões, causadas pela hipertrofia muscular, podem gerar algumas dores, o que é normal.

Assim, temos que diferenciar esse tipo de dor: se é da articulação, por algum problema na cartilagem, ou muscular mesmo, por fadiga.

4 - USE TAPETE OU COLCHONETE
Em casa, vale apostar naquele tapete de yoga que não escorrega. Ele ajuda a proteger e evitar que os pés deslizem. Também servem para evitar instabilidade, principalmente no chão frio.