AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

Você sabia que o frio aumenta as dores nas articulações? Saiba como prevenir o problema

À AnaMaria, a ortopedista e traumatologista Tania Szejnfeld Mann explica como o frio aumenta as dores nas articulações e como fugir do problema

37% dos brasileiros acima dos 50 anos sofrem com dores crônicas, segundo o Ministério da Saúde. - Foto:  jcomp/Freepik
37% dos brasileiros acima dos 50 anos sofrem com dores crônicas, segundo o Ministério da Saúde. - Foto: jcomp/Freepik

O inverno começou há poucas semanas - com isso, diversas regiões do Brasil já registram queda na temperatura. Apesar do clima mais ameno ser positivo para muita gente, o período também traz algumas preocupações: você sabia que o frio aumenta as dores nas articulações?

O agravamento é comprovado cientificamente. Em conversa com AnaMaria, a ortopedista e traumatologista Tania Szejnfeld Mann, especializada em tornozelo, pé e doenças do osso, explica o fenômeno que altera a percepção das dores:

"As articulações tendem a doer mais no período de frio porque, com a diminuição da temperatura, existe uma vasoconstrição periférica". Neste processo, há um estreitamento dos vasos sanguíneos (artérias, veias e capilares), que desvia o sangue de órgãos não prioritários para a circulação central.

frio aumenta as dores nas articulações aparelho locomotor
O frio aumenta as dores nas articulações por conta da vasoconstrição periférica. Foto: kjpargeter/Freepik

A priorização de partes vitais, como o cérebro, pulmão e o coração, faz com que o sangue que circula na parte periférica do corpo torne-se mais escasso, justamente tentando manter o calor. Entre as partes mais afetadas, está o aparelho locomotor, que engloba músculos e ossos.

"A vasoconstrição periférica faz com que diminua o fluxo sanguíneo tanto dos músculos quanto das articulações. Esse menor suporte sanguíneo faz com que as lesões ortopédicas doam mais no frio", explica a ortopedista. Vale lembrar que a temperatura ideal do corpo humano varia entre 36,5ºC e 37ºC. 

5 dicas para ter uma alimentação saudável durante o inverno

O frio aumenta as dores, e também gera outros problemas

Uma das estratégias mais utilizadas para combater as dores é o uso de medicamentos. De acordo com pesquisa recente do Ministério da Saúde, 37% dos brasileiros acima dos 50 anos sofrem com dores crônicas. Desses, 30% usam opioides para aliviar o problema - o que leva a outro problema.

Levando em consideração que o frio aumenta as dores nas articulações, esse número tende a aumentar durante o período de baixas temperaturas. Segundo Szejnfeld Mann, a medida é eficaz, mas até um certo ponto. Depois, pode tornar-se perigosa.

"Se fica muito recorrente, não é bom você ficar tomando analgésicos todos os dias por um período longo de tempo. É melhor optar por medicações fitoterápicas, que vão dar um alívio da dor por um período mais prolongado com menos efeitos adversos para órgãos como rim, estômago e fígado".

Conheça os riscos do uso de antidepressivos e ansiolíticos sem orientação médica

frio aumenta as dores nas articulações
Uso excessivo de medicamentos pode oferecer riscos à saúde. Foto: Freepik

Como impedir que o frio aumente as dores nas articulações?

A melhor forma de impedir que o frio aumente as dores é aquecer o corpo. Para isso, uma série de estratégias pode ser utilizada. Entre elas, o uso de roupas adequadas, manter-se em ambientes aquecidos e até mesmo mudanças na alimentação.

"Quanto menos frio a pessoa estiver sentindo, quanto maior for a vasodilatação periférica, melhor", reforça a especialista.

Na alimentação, a ajuda normalmente é indireta. Embora alimentos quentes não combatam diretamente a dor, sopas e café ajudam a manter a temperatura do corpo: "Então pode ajudar na sensação de bem-estar, mas não ajuda diretamente na dor". 

Quem age diretamente na dor é a cúrcuma. O tempero possui propriedades anti-inflamatórias, que contribuem para aliviar dores nas articulações e outros problemas de saúde. A cúrcuma também é conhecida como curcumina, açafrão, gengibre-dourado e outros nomes, a depender da região do país.

Quer montar um cantinho do café? Veja dicas e inspirações

A especialista também dá dicas sobre quais vestimentas tirar do guarda-roupa: as roupas térmicas, que fazem a cobertura de todas as superfícies e protegem contra a troca de calor com o ambiente: "Peças quentes ajudam a diminuir a dor, porque o calor promove uma vasodilatação, aumenta o sangue nas articulações periféricas e podem atenuar as dores".

Por outro lado, as roupas apertadas ou com elásticos podem comprometer a articulação e gerar ainda mais dor, mas não necessariamente geram prejuízos à circulação sanguínea. 

frio aumenta as dores nas articulações roupas quentes
Uso de roupas adequadas também pode atenuar as dores aumentadas pelo frio. Foto: Freepik

Outra solução prática para lutar contra o período frio, que aumenta as dores pelo corpo, é a prática de exercícios físicos: "A prática de atividade física também obriga o sangue a circular nos vasos periféricos e pode ajudar a diminuir as dores", explica Tania, que acrescenta: "É importante continuar fazendo atividade física independente do frio". 

Para isso, a especialista aconselha o uso de roupas especiais durante atividades externas — além dos exercícios realizados dentro de casa, que também ajudam na circulação. Como exemplo, ela cita os  abdominais, agachamentos e exercícios com fitas elásticas.

Alongamentos: série com 6 exercícios para fazer ao acordar que vão mudar a sua vida

Para aqueles que não podem — ou simplesmente não querem — fazer exercícios físicos mais intensos, como musculação ou caminhada, uma série de alongamentos já é o suficiente. O método ajuda a musculatura a vascularizar, além de ficar mais forte e oxigenada.

"Os alongamentos incentivam a maior comprimento das fibras e isso aumenta a vasodilatação periférica e ajudam as fibras a não ficarem tão contraídas e entrar num processo de tetania [distúrbio neuromuscular que resulta em contrações musculares involuntárias]".