bem-estar-e-saude   / Vida saudável

Xô, varizes! Confira 5 dicas para evitar o problema com as veias dilatadas

Médico vascular listou maneiras para lidar as varizes e manter o organismo saudável

Karla Precioso Publicado domingo 14 novembro, 2021

Médico vascular listou maneiras para lidar as varizes e manter o organismo saudável
Confira dicas para evitar varizes - Unsplash

As tão temidas veias dilatadas que aparecem principalmente nas pernas é algo temido por muitas pessoas mundo afora. Primeiro um pequeno vasinho de cor azulada é notado e, com o tempo, o aspecto pode se tornar mais grosso. Além de incomodar esteticamente, ainda passa a provocar dores e sensação de peso nos membros inferiores. São as famosas varizes que assombram a humanidade, em especial as mulheres, há décadas. 

Mas será que existe uma forma de evitar que as pernas sejam afetadas por elas? O médico vascular Gustavo Marcatto, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC), revelou alguns truques simples que podem, sim, fazer com que as veias dilatadas fiquem bem longe, e o organismo funcione em perfeita harmonia. Confira! 

1. HIDRATAÇÃO: A primeira coisa a fazer contra as varizes é sempre manter a boa hidratação do corpo, com a ingestão de, pelo menos, 2,5 litros de água por dia. “Isso facilita o bom funcionamento do sistema circulatório, evitando que a circulação fique pesada e atrapalhe o retorno do fluxo de sangue às
pernas”, explica o especialista.

2. ALIMENTAÇÃO: O médico alerta para a importância de também manter uma alimentação balanceada, rica em frutas e verduras, além de evitar alimentos gordurosos. “Esse hábito facilita o funcionamento geral do organismo e evita sobrecarga de circulação na região abdominal, favorecendo também o retorno circulatório aos membros inferiores”, pontua.

3. SE EXERCITE: É fundamental a prática de atividades físicas regulares. Os exercícios funcionam no corpo de duas maneiras essenciais: “Primeiro, estimulando o sistema cardiopulmonar a melhorar a capacidade respiratória e circulatória geral. Segundo, promovendo o fortalecimento da musculatura
da perna, principalmente da panturrilha (considerada nosso segundo coração), o que ajuda na melhora do fluxo sanguíneo”, analisa.

4. ATENÇÃO NA JORNADA DE TRABALHO: Para evitar as varizes é importante ainda se ater a um ponto muito comum nos dias de hoje e que faz parte da rotina de milhões de trabalhadores: a posição em que o corpo fica durante a jornada de trabalho. Evite permanecer tempo demais sentado ou em pé. Os extremos, de um ou de outro, prejudicam seriamente a circulação. “O ideal para quem trabalha muito tempo sentado ou em pé é realizar caminhadas ou movimentos regulares com a musculatura da panturrilha, para estimular a chamada circulação de retorno. Não fiquei muito tempo parada. O mais
recomendado é, a cada duas horas, fazer um pequeno exercício com as pernas para ajudar na prevenção das varizes”, recomenda ele.

5. VEJA SE HÁ HISTÓRICO NA FAMÍLIA: Algo que todos devem pensar é na prevenção das doenças, nos cuidados precoces. As veias dilatadas que surgem nas pernas, em muitos casos, podem ter origem hereditária. Ou seja, se o problema já afetou avós, pai ou mãe poderá aparecer em outro membro da família. Por isso, se já tiver antecedentes familiares, procure um vascular o quanto antes para iniciar tratamentos preventivos. “Desde aquele primeiro vaso que aparece ou quando há fatores de risco como trombose, ou casos de varizes em parentes próximos, é importante fazer uma consulta preventiva para iniciar o tratamento rapidamente. Essa é a medida mais efetiva para evitar o agravamento das varizes na maior parte dos casos”, aconselha Gustavo. 

VOCÊ SABIA? Massagear o corpo, especialmente as pernas, pode ser benéfico para impedir as varizes, já que isso melhora a circulação. Praticar exercícios físicos e evitar roupas apertadas também ajudam bastante.

ENTENDA O QUE SÃO VARIZES: São veias dilatadas, tortuosas e de calibre aumentado, que podem aparecer em diversas regiões do corpo. O mais comum é ocorrerem nos membros inferiores. Consideradas por muitos apenas um problema estético, na verdade, elas indicam que algo não vai bem na circulação do sangue.

Último acesso: 27 Nov 2021 - 09:11:13 (1152064).