AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Carreira / Grande fator para demissão!

Problemas comportamentais no trabalho: saiba como evitá-los

Pesquisa recente identificou que 87% das demissões são devido a problemas comportamentais no trabalho; entenda o que são e como se afastar deles

Saiba quais são os principais problemas comportamentais no trabalho - Unsplash/Christina@wocintechchat.com
Saiba quais são os principais problemas comportamentais no trabalho - Unsplash/Christina@wocintechchat.com

Demissão nunca é fácil, mas saber que foi dispensada por um comportamento seu pode ser ainda pior, não é mesmo? A sensação se potencializa quando sabe que a atitude poderia ter sido evitada. Uma pesquisa realizada pela revista Você S/A revelou que 87% das demissões hoje em dia são por problemas comportamentais no trabalho e 13% por questões técnicos. AnaMariate explica como evitar os aborrecimentos e, consequentemente, a demissão. Saiba mais a seguir!

Entre estas inadequações, a falta de gestão de tempo, autocontrole e resistência a mudanças foram as mais apontadas como causa para a dispensa do empregado. Algumas atitudes também podem impactar diretamente na sua carreira.

Para o Leonardo Loureiro, especialista em educação empresarial, o pessimismo exacerbado, a falta de feedback, fofocas no ambiente de trabalho, desconsiderar a visão do outro colega, trabalhar de maneira individual, esquecendo a importância da força do time, não dar crédito ao trabalho de colegas, montar as famosas panelinhas e a inveja, são outros pontos problemáticos.

Como identificar se meu comportamento é um problema?

Ser considerada a uma pessoa desagradável nunca é legal, ainda mais no ambiente de trabalho, onde sua reputação pode te abrir ou fechar portas. Nesse sentido, é importante analisar suas atitudes constantemente e para isso, os feedbacks são fundamentais.

Para saber se tem problemas comportamentais no trabalho, busque por um bate-papo franco com o gestor direto, como orienta o especialista. "O gestor é responsável por lhe dar feedbacks tanto de seu crescimento, dizendo que você vai bem, mas por outro lado também feedbacks de ajuste", afirma ele.

Importante destacar que não existe perfeição. De acordo com Loureiro, as questões relativas aos comportamentos nunca serão evitados no trabalho, mas sim melhoradas. E a empresa tem um papel fundamental nisso. Para ele, isso só é possível por meio de uma visão estratégica da instituição que desenvolve constantemente seus colaboradores.

Por isso, quem ocupa um cargo de liderança deve cuidar do desenvolvimento da equipe, não esquecendo assim da gestão emocional do time. "Muito importante lembrar que pessoas vêm com o pacote das coisas boas, mas também com suas histórias de vida, onde estão ali incutidos seus comportamentos", afirma o especialista.

Especialista dá dicas de como lidar com pessoas com problemas comportamentais no trabalho
Especialista dá dicas de como lidar com pessoas com problemas comportamentais no trabalho - Unsplas/JESHOOTS.COM

Evitando os problemas comportamentais no trabalho

É um senso comum acreditar que apenas um bom currículo irá te garantir sucesso no trabalho. Isso não é total verdade: competências técnicas são importantes, mas não são tudo. Atualmente, o aspecto emocional é outro atributo fortemente valorizado.

Segundo o especialista em educação empresarial, hoje o QE é tão fundamental quanto o QI. Isso porque o quociente de inteligência (QI) é que a capacidade de processar informações e resolver problemas. Já o quociente emocional (QE) trata do controle das emoções, intimamente ligado a inteligência emocional. Por isso, os dois se complementam.

No mercado de trabalho esses atributos são analisados, por exemplo, durante uma contratação. O especialista explica que uma pessoa é contratada por suas capacidades técnicas e pela análise do perfil, e irá desenvolver suas habilidades emocionais através de treinamentos oferecidos pela empresa, que buscam evitar os problemas comportamentais no trabalho.

Inteligência emocional: por que ela é valorizada no ambiente de trabalho?

Não eu, mas o colega: como lidar com pessoas problemáticas?

Estar do outro lado da história pode ser bem difícil também, pois lidar com pessoas problemáticas pode impactar diretamente sua rotina de atividade e desempenho.

Para lidar com um colega com problemas comportamentais no trabalho, Loureiro orienta a tentar ter o máximo de empatia com a pessoa em questão. "Todos nós somos reféns de uma história e essa história desagua diretamente no comportamento que a gente vai ter. Esse nível de consciência só vai ser adquirido se ele estudar a sua história de vida, se desenvolver a sua parte emocional", afirma ele.

Chegar nesse ponto não é rápido nem fácil, mas o especialista dá algumas dicas que, de acordo com ele, ajudam a construir um relacionamento bom e um excelente do ponto de vista dos seus colegas. Veja a seguir:

Empatia

Entenda as diferenças. Em uma empresa, o sucesso só é possível porque existem pessoas diferentes com habilidades diferentes. Então, tenha empatia com habilidades que são distintas das suas. Celebre elas no ambiente corporativo e entenda que são fundamentais para o sucesso da organização.

Trabalhe em time

Você já viu que em uma partida de futebol só é possível fazer gol porque os onze jogadores estão trabalhando em equipe? Trabalhe dessa maneira, contribuindo para que o outro acerte. Assim, vai criar um ambiente de sinergia onde o outro vai colaborar para que você acerte também.

O trabalho em equipe ajuda a driblar os problemas comportamentais no trabalho
O trabalho em equipe ajuda a driblar os problemas comportamentais no trabalho - Unsplash/Jason Goodman

Não perca tempo com distrações

Pense em como seu trabalho pode ser otimizado. Pessoas que têm uma visão focada tem mais chance de crescerem profissionalmente. Entenda como seu trabalho pode ser melhorado, sem criar desgastes para você e seus colegas.

Celebre o sucesso do seu colega

Quando você celebra de maneira genuína o crescimento do seu colega de trabalho, está dizendo para ele: "parabéns, eu também quero chegar lá". Então, celebre, cresça, ajude a crescer.

Importância do feedback

No ambiente organizacional é muito importante dar e receber feedback. É essencial no momento da conversa prezar por uma comunicação respeitosa e, de preferência, fazer de forma reservada, principalmente, se for algo construtivo.

Leia também:

Saiba como evitar os erros que acabam com o seu networking profissional

Demissão por justa causa: o que é e quais são os direitos da trabalhadora?