AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Casa / VALE A PENA!

Reformar um imóvel antigo: como manter o charme retrô com a modernidade?

AnaMaria conversou com o arquiteto e urbanista Wander Alcântara, que deu dicas valiosas para quem deseja reformar um imóvel antigo

Estilo único, muita personalidade e até economia: esses são só alguns dos benefícios. - Foto: Freepik
Estilo único, muita personalidade e até economia: esses são só alguns dos benefícios. - Foto: Freepik

Donos de casas antigas tendem a valorizar muito cada espacinho, dos mais conservados àqueles que precisam de um retoque. Ainda assim, um pouco de novidade também não faz mal, não é mesmo? Se for o seu caso, está no lugar certo: AnaMaria explica como reformar um imóvel antigo.

Para isso, conversamos com o arquiteto e urbanista Wander Alcântara, que deu dicas para manter o charme retrô com a modernidade. Afinal, a intenção não é abrir mão dos inúmeros pontos positivos que uma residência mais antiga oferece, e sim atualizá-los.

Desta forma, é possível — e recomendado — preservar elementos arquitetônicos e históricos. Segundo o especialista, a escolha agrega charme e personalidade ao ambiente. Entre os itens que podem ser resgatados e integrados para acrescentar valor estético e cultural ao espaço, estão portas, janelas, pisos e detalhes decorativos.

como reformar um imóvel antigo dicas modernidade e retrô
Quem planeja reformar um imóvel antigo dispõe de cenário vantajoso. iFoto: master1305/Freepik

A modernização e adaptação às necessidades contemporâneas também são consideradas na reforma de um imóvel antigo: "Com a orientação de um profissional qualificado, é possível criar um projeto que atenda aos padrões de conforto, funcionalidade e sustentabilidade exigidos nos dias de hoje", explica.

Para isso, a economia de tempo e burocracia menor também são vantagens significativas. Wander destaca que a dispensa de licenças e agilidade nos trâmites administrativos tornam a reforma mais rápida do que a construção de uma nova edificação: "Também é possível aproveitar a estrutura já existente, contribuindo para redução de custos e prazos".

O que é a Feng Shui? Saiba os impactos da decoração na casa

Desafios para reformar um imóvel antigo

As vantagens são muitas — por outro lado, reformar um imóvel antigo também reserva diversos desafios. Isso porque essas propriedades têm uma série de particularidades. Então, se você deseja fugir de dores de cabeça, é necessário ficar atento a alguns pontos de destaque.

Segundo o especialista, é essencial realizar uma análise minuciosa da estrutura já existente a fim de detectar potenciais problemas e assegurar a segurança da obra. Assim, evita-se problemas futuros, que afetam desde a segurança dos moradores à parte financeira.

como reformar um imóvel antigo parte elétrica
Parte elétrica precisa de atenção especial na hora de reformar um imóvel antigo. - Foto: pvproductions/Freepik

Um exemplo claro é a fiação, que muitas vezes encontra-se deteriorada. Ou seja, o proprietário deve atualizá-la, a fim de evitar prejuízos. Do contrário, ficará exposto a problemas elétricos, como queda de energia, curto-circuito e até contas mais altas.

As modificações durante a reforma de um imóvel antigo também devem incluir os sistemas elétricos e sanitários, por exemplo: "Por meio de um planejamento sólido é possível garantir tanto a qualidade quanto o êxito da transformação de uma propriedade antiga em um espaço contemporâneo, prático e com personalidade única.

Sabia dessa? Instalação elétrica em dia te faz economizar no inverno

Dicas para reformar um imóvel antigo

  • Fale com profissionais

O primeiro passo para quem deseja reformar um imóvel antigo é buscar um profissional da área. Assim, é possível entender quais as necessidades da propriedade. Ou seja, nada de sair derrubando paredes sem a devida permissão — o que pode gerar prejuízos graves.

Além disso, um arquiteto também ajuda a decorar o ambiente com base nas prioridades e gostos do cliente. Porém, nem todos têm verba suficiente para a contratação destes. E é aí que entra a próxima dica.

  • Pesquise referências

Qual é seu estilo preferido? Retrô, vintage, moderno? É preciso entender de tudo um pouco para conseguir o resultado esperado com as modificações. Imagens, vídeos, dicas de especialistas, blogs especializados e muito mais: tudo isso está disponível na internet de maneira gratuita.

  • Paleta de cores e iluminação

A modernidade passa diretamente por dois pontos: paleta de cores e iluminação . E a boa notícia é que ambos são simples de serem conquistados. No primeiro, basta combinar suas preferências, as novas tendências e, se possível, priorizar cores mais modernas - geralmente, claras.

Já no segundo ponto, é importante relembrar que imóveis antigos costumam ter uma iluminação natural mais avantajada, com janelas maiores. Ainda assim, algumas dicas especiais ajudam a escolher onde colocar mais pontos de luz. Neste caso, há variáveis a serem consideradas, como a disposição dos móveis e cores escolhidas.

Antes e depois evidencia a diferença gerada pela nova paleta de cores e iluminação. Foto: Divulgação/ZAP
Antes e depois evidencia a diferença gerada pela nova paleta de cores e iluminação. Foto: Divulgação/ZAP

  • Invista em itens modernos

Não dá para falar de modernidade e deixar a tecnologia de lado, não é mesmo? Por isso, os itens tecnológicos são um importante aliado para unir o charme de um imóvel retrô com a modernidade. Não faltam opções inovadoras e contemporâneas, que vão desde os eletrodomésticos aos móveis.

Neste último, os itens com linhas mais modernas se destacam, além dos artigos de decoração. Também há a possibilidade de automatizar sua casa com as assistentes virtuais. Basta um "Alexa, ligar a luz da sala" para a iluminação dar as caras. Os comandos também atendem TVs, ventiladores, cortinas e mais.

  • Reaproveite

Repaginar sua casa não significa que você deve se desfazer de tudo. Na verdade, é justamente o contrário: se sua intenção é aliar modernidade e retrô durante a reforma de um imóvel antigo, é fundamental saber o que reaproveitar.

Talvez até aquele item mais desgastado possa ser utilizado após um banho de tinta. Portas, janelas e até quadros e poltronas podem manter a personalidade e aquele charme que você busca. Além disso, também são benéficas para seu bolso, já que não será mais necessário comprar novos produtos.

Leia também

Decoração: 6 espelhos que vão deixar a sua casa ainda mais linda

Sem espaço? Saiba como incluir terrário de plantas na decoração