AnaMaria
Casa / Limpeza

Vidro, cerâmica e rejunte: aprenda a limpar do jeito certo

Embora pano e sabão neutro sejam os principais ajudantes na limpeza, cada superfície pede alguns cuidados específicos

Karla Precioso Publicado em 28/04/2019, às 17h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Limpeza - ShutterStock
Limpeza - ShutterStock

De forma geral, pano macio e detergente neutro bastam para a  faxina do chão. O aspirador de pó também pode assumir o lugar da  vassoura. Mas ter o piso limpo é apenas parte dos cuidados com a  casa. 

Você sabe, por exemplo, como evitar manchas em madeira? E o que fazer para eliminar o mofo do rejunte? Com tantas superfícies – pedra, cerâmica, aço etc. –, é impossível apenas um método de limpeza dar conta da tarefa. 

Diferentes materiais requerem produtos e modos de limpeza variados.  Pensando nisso, a Bettanin®, em parceria com a influenciadora  digital Iborema de Almeida, reuniu dicas práticas para limpar com  eficiência todas as áreas da casa. Vem ver!

CERÂMICAS E PORCELANATOS
Dia a dia: vassoura (ou aspirador de pó) e pano umedecido com  detergente neutro funcionam bem. Finalize com um pano seco. Para a faxina pesada, utilize saponáceo cremoso ou líquido, pois não são abrasivos, ou soluções com cloro ativo, diluídos conforme a  indicação do fabricante. O mesmo procedimento vale para azulejos e pastilhas cerâmicas.
Manchas: recorra à água sanitária diluída, mas não a deixe secar  sobre a superfície – passe um pano macio.
Evite: solventes, materiais abrasivos (palha de aço, polidor de prata e a parte áspera da esponja), produtos ácidos e alcalinos.

VIDROS E ESPELHOS
Dia a dia: em janelas e portas, use pano úmido com detergente neutro.  Nos espelhos, basta uma flanela com álcool. Ou use produto próprio para essa finalidade (há versões que removem manchas, dão brilho e repelem a água, criando uma película protetora que mantém a limpeza por mais tempo).
Manchas: faça uma mistura de detergente e vinagre branco na proporção 1:1. Com uma esponja de aço embebida nesse líquido, execute movimentos circulares para formar bastante espuma. Deixe por 4 minutos e enxágue.
Evite: composições com amoníaco, cloro ou água sanitária.

REJUNTES
Dia a dia: lave com água e detergente neutro ou com limpadores específicos para o material.
Manchas: se a sujeira acumular ou surgir mofo, lance mão de vinagre branco (puro ou diluído) ou produtos apropriados, tipo ‘tira-limo’ – antes, porém, verifique na embalagem se a composição é indicada para revestimentos cerâmicos (se sim, é porque não agredirá também o rejunte). Aplique com uma escovinha de dente. 
Atenção: jamais esfregue com escovas de aço, pois, havendo corrosão, a argamassa ficará mais porosa, tornando-se vulnerável ao bolor. 
Evite: água sanitária e fórmulas à base de ácido.

PISOS LAMINADOS
Dia a dia: vá de aspirador de pó ou de vassoura de cerdas macias, seguida de pano úmido bem torcido com detergente neutro (ou soluções específicas para esse revestimento).
Manchas: marcas difíceis saem com detergente e álcool. Nos casos de tinta, verniz e graxa, apele para aguarrás ou querosene e, posteriormente, use um pano umedecido com sabão neutro para remover a gordura.
Evite: água sanitária, produtos à base de cera e silicone, saponáceos e materiais abrasivos. Nunca lave o piso laminado nem utilize enceradeira.

PISOS DE MADEIRA
Dia a dia: faxine-os com vassoura ou aspirador de pó. Finalize com um pano úmido e outro seco. Aqui, também são indicadas fórmulas de limpeza específicas para madeira diluídas em água.
Manchas: use removedor à base de água. Evite: álcool, cera, tíner, água sanitária e abrasivos.

AÇO INOX
Dia a dia: é importante usar produtos desenvolvidos exclusivamente para esse material, pois limpam e devolvem o brilho natural, sem deixar manchas. 
Evite: ácido muriático, água sanitária e solventes.

PASTILHAS DE VIDRO E PORCELANA
Dia a dia: apenas água e sabão neutro.
Manchas: como as pastilhas de vidro não são porosas, nunca ficam marcadas. Também é raro as peças de porcelana mancharem, mas pode-se empregar saponáceo cremoso para eliminar gordura e água sanitária no caso de tinta de caneta.
Evite: soluções à base de ácido fluorídrico e abrasivos.