AnaMaria

Dormir bem: saiba o que o sono reparador pode fazer por você

Mais de 70% dos brasileiros não dormem bem, e você?

*Bianca Vilela, colunista de AnaMaria Publicado em 05/08/2021, às 08h00

Qual a melhor posição para dormir? - Pixabay
Qual a melhor posição para dormir? - Pixabay

Fala meu povo da AnaMaria, tudo bem? Assisto inúmeros programas de televisão e leio muitos artigos em revistas científicas ressaltando que o sono reparador é fundamental para a saúde. Também escrevo com grande frequência sobre o tema, mas percebo que a maior parte da população tem muitas dúvidas sobre o tema, pois a forma como a mensagem chega muitas vezes não é clara. Assim, precisamos entender melhor a nossa fisiologia e como este mecanismo funciona.

Durante a noite, principalmente das 0h às 4h (fase escura do sono) produzimos um hormônio fundamental, chamado Hormônio de Crescimento. Como o próprio nome diz, na infância ele nos faz crescer e, após o estirão, ele continua sendo produzido, em pequenas quantidades, com a função de reparar o organismo para o dia seguinte. Quando não dormimos bem, acordamos exaustos e improdutivos, ou seja, muitas pessoas não têm ideia de quanto o sono reparador é importante para manter a saúde em dia e, consequentemente, a produtividade em tudo o que fizer!

Durante toda a minha trajetória acadêmica, conduzi diversos estudos relacionados a este hormônio e posso garantir que uma noite bem dormida lhe proporcionará melhores resultados esportivos e profissionais.

No Brasil, cerca de 72% da população sofre de doenças relacionadas ao sono. Distúrbios são alterações nos padrões ou hábitos de dormir, podendo ser insônia, ronco, apneia - quando a respiração para e volta diversas vezes durante o sono,  a narcolepsia (sono súbito e incontrolável) e a síndrome das pernas inquietas.

Na cidade de São Paulo existem cada vez mais serviços ofertados 24h por dia, como mercados e restaurantes. Ou seja, temos estímulos a 24hs, mas quem precisa de um delivery às 3h da madrugada?

MELHOR EVITAR
Sempre me perguntam se sou contra ou a favor do trabalho noturno e minha resposta é: não faz bem para a saúde. Sabemos que a remuneração é maior, por isso planeje sua vida financeira de forma que você faça este “terceiro turno” por pouco tempo.

Além da questão fisiológica mencionada acima, é necessário entender que a posição do nosso corpo durante a noite, é diretamente proporcional a qualidade envolvida.

COMO DORMIR MELHOR?
Logo abaixo, separei algumas fotos do certo e errado para facilitar o entendimento. Obviamente existem pessoas que mantém a postura dita como incorreta durante a noite e dormem muito bem. Assim, quero deixar claro que estas indicações funcionam para a maioria, porém existem exceções.

Então, qual a melhor posição para dormir? Te convido a analisar a foto, em que estou deitada lateralmente, com um travesseiro (nem muito alto, nem muito baixo) que proporciona ao meu pescoço a posição neutra e uma fina almofada entre os meus joelhos.

Posição Recomendável: pescoço na posição neutra. (Crédito: Bianca Vilela)

Posição não recomendável: travesseiro muito alto. (Crédito: Bianca Vilela)

Posição não recomendável: dormir de barriga para cima pode estimular roncos. (Crédito: Bianca Vilela)

Posição não recomendável: dormir de barriga para baixo com o pescoço lateralizado. (Crédito: Bianca Vilela)

E, claro, não deixe de assistir ao vídeo que preparamos com todo amor para você! Corra lá nas redes sociais da AnaMaria. Te espero!

*BIANCA VILELA é autora do livro 'Respire', mestre em fisiologia do exercício pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), palestrante e produtora de conteúdo. Desenvolve programas de saúde in company em grandes empresas por todo o país há mais de 15 anos. Na AnaMaria fala sobre saúde no trabalho, produtividade e mudança de hábitos. Instagram: @biancavilelaoficial