AnaMaria

Acelerar o processo de transição para o grisalho: será que vale a pena?

Spoiler: se você tiver tempo para cuidar dos fios depois, vai valer

*Bruna Nunes, colunista de AnaMaria Digital Publicado em 17/02/2022, às 08h00

Você já pensou em deixar de tingir os cabelos e assumir os fios grisalhos? - Alexandra Tran/Unsplash
Você já pensou em deixar de tingir os cabelos e assumir os fios grisalhos? - Alexandra Tran/Unsplash

Oi pessoal! Vou falar sobre um assunto super em alta na coluna de hoje, e que está fazendo a cabeça da mulherada, que são os cabelos grisalhos. No meu dia a dia, escuto muitas mulheres comentando de seu desejo de assumir os fios brancos.

Para acelerar esse processo de transição, muitas delas optam por fazer mechas em tons “grisalhos”. Mas será que vale a pena? Como fica a saúde capilar após esse processo? De forma geral, costumo sempre aconselhar as minhas clientes da seguinte forma:

  • Você terá tempo para cuidar desse cabelo no seu pós? Isso porque o cabelo irá ficar sensibilizado pelo nível de clareamento que foi feito. É um pouco mais intenso do que fazer mechas comuns.
  • Caso você tenha progressiva, estará pronta para deixar de alisar o cabelo por, pelo menos, um período? Isso porque o calor da prancha, juntamente com a progressiva, pode deixar o seu cabelo amarelado, causando um efeito de cabelo mal cuidado.
  • Mesmo que clareie o cabelo, entenda que ele não chegará exatamente na mesma quantidade de fios grisalhos que você tem. Se esses dois item acima forem confortáveis para você, você poderá optar, sim, por fazer a transição com a ajuda das mechas.
  • Manter uma rotina de cuidados também fará parte da sua rotina, pois, acima de tudo, o mais importante é a saúde capilar.
  • Também lembre de sempre pedir ao seu cabeleireiro para realizar o teste de mechas antes de iniciar o processo. Isso é muito importante para garantir a segurança do seu fio.
  • Aparar as pontas com frequência ajuda a deixar o cabelo branco muito mais forte. Para quem está fazendo a transição, o comprimento mais curto também é uma boa saída para disfarçar a diferença entre as pigmentações.

*BRUNA NUNES é hairstylist apaixonada por moda. Recebe suas clientes no Jacques Janine (Unidade Jardins) e aqui na AnaMaria vai dar dicas de cuidados, cor, corte e penteados. Instagram: @brunanunesoficial