AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Hidrofobia Capilar: a 'doença' capilar causada uso excessivo de produtos

Uso excessivo de produtos pode causar Hidrofobia Capilar

*Bruna Nunes, colunista de AnaMaria Digital Publicado em 10/12/2021, às 10h20

Hidrofobia capilar pode estar estragando seus fios. - Fabian Alberto/Unsplash
Hidrofobia capilar pode estar estragando seus fios. - Fabian Alberto/Unsplash

Tudo bom, pessoal? Hoje vamos falar de um assunto muito sério, que acontece quando cuidamos do nosso cabelo da melhor forma possível, mas os fios "retribuem" com uma aparência nada agradável. 

O termo usado para definir quando seus fios estão recebendo mais cuidados do que o necessário é Hidrofobia Capilar. A dúvida principal que fica é: como eu sei se é o caso dos meus cabelos?

COMO IDENTIFICAR UM CABELO HIDROFÓBICO?
Apesar do nome soar estranho, tenho a certeza que muitas de vocês já passaram por esse problema sem nem se dar conta do que era. O Cabelo Hidrofóbico tende a ficar seco, opaco, rígido, com a aparência de cabelo pesado (em alguns casos), entre outras sintomas.

Isso se dá quando o cabelo passa a ter muita dificuldade para absorver nutrientes dos produtos e também a própria água, causando acúmulo residual de produtos no couro cabeludo, além de uma má higienização do couro cabeludo e cabelo.

COMO TRATAR A HIDROFOBIA CAPILAR?
Pode até parecer impossível cuidar desse tipo de caso sozinha. Mas, calma, pois para tudo existe um jeito. A princípio, o ideal é você lavar o seu cabelo com shampoo de limpeza profunda, mas lavar bem mesmo, e se atentar como o cabelo estará após isso.

Se ainda assim o seu cabelo permanecer com a aparência e toque incomum, busque um tratamento natural. Pessoalmente, indico um detox a base de henna incolor, pois a henna incolor é extremamente aliada no combate à hidrofobia. Faça conforme o fabricante orienta e aplique no cabelo. Depois, aproveite para fazer uma leve massagem no couro cabeludo e dê uma pausa de 30 minutos. Na sequência, enxágue e finalize como de costume.

É inevitável saber se isso voltará a acontecer ou não. Por isso, o ideal é nos atentarmos aos sinais que o cabelo vai dando, para evitar que chegue a esse ponto. Me conta: você já passou por algo parecido? Um beijo e até a próxima!

*BRUNA NUNES é hairstylist apaixonada por moda. Recebe suas clientes no Jacques Janine (Unidade Jardins) e aqui na AnaMaria vai dar dicas de cuidados, cor, corte e penteados. Instagram: @brunanunesoficial

{# Taboola Newsroom #}