Exercícios e menstruação: saiba qual é o melhor treino para cada fase do ciclo menstrual

Atividades regulares podem ser aliadas no combate aos incômodos sintomas da TPM

*Vanessa Furstenberger, colunista de AnaMaria Publicado sexta 23 julho, 2021

Atividades regulares podem ser aliadas no combate aos incômodos sintomas da TPM
O corpo feminino funciona de maneira diferente em cada parte do mês - Pixabay/Pexels

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde em 2019 apontam que 80% das mulheres sofrem mensalmente de um terrível incômodo: a tensão pré-menstrual (TPM). E, acredite, não é frescura: edema abdominal, prisão de ventre, seios doloridos e inchados, acne, aumento ou redução do apetite, alterações bruscas de humor, insônia ou sonolência excessiva são apenas alguns dos principais sintomas relatados por elas.

A boa notícia é que a TPM pode ser amenizada com algumas mudanças no estilo de vida - o que inclui a prática de atividade física regular! Os exercícios melhoram a qualidade de vida e aumentam a produção de endorfinas, hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar. 

Dessa forma, há melhora nos sintomas da TPM, redução nas cólicas menstruais, melhora do sono e da disposição para as atividades do dia a dia. O corpo feminino passa por uma montanha-russa hormonal todos os meses durante o ciclo menstrual, que é composto por quatro fases: menstruação, fase folicular, ovulação e fase lútea. 

Nas linhas a seguir, reuni algumas dicas de quais práticas são mais recomendadas em cada uma dessas fases - tudo de acordo com as mudanças ocorridas no corpo da mulher ao longo do mês e a disposição (ou não!) que o ciclo menstrual nos proporciona. 

  • MENSTRUAÇÃO

Vai do primeiro ao último dia de sangramento (em média, de 3 a 7 dias). Nessa fase, há uma baixa hormonal e da energia do corpo, que pede descanso. Muitas mulheres costumam sofrer de cólicas e ficar bastante indispostas. O ideal é pegar leve com o treinamento e investir em atividades mais leves, como caminhada, pilates, yoga e alongamento.

  • FASE FOLICULAR

Ocorre quando a menstruação cessa e o estrogênio e a noradrenalina voltam a subir, preparando o corpo para a ovulação. A mulher fica mais enérgica e bem-disposta. Por isso, esse é o momento ideal para aumentar a carga e a intensidade dos exercícios e é quando há uma melhor performance.

  • OVULAÇÃO

Quando os ovários liberam o óvulo maduro. Os hormônios estão em alta, assim como a libido. Há muita disposição e a mulher tem mais vontade de se cuidar. Exercícios explosivos e dança são boas pedidas, pois é quando ela está esbanjando sensualidade.

  • FASE LÚTEA

Antes da menstruação há uma baixa hormonal com a redução da progesterona – intensificando a fadiga. Além disso, é nessa fase que aparecem os sintomas da TPM. As mulheres que ficam mais agressivas costumam suportar treinos mais intensos. Enquanto isso, as que ficam mais emotivas demandam treinos mais tranquilos. 

Cabe ao profissional responsável compreender o perfil de cada aluna e prescrever a periodização que mais se encaixa ao momento daquela mulher. Minha sugestão são os exercícios aeróbios para este momento, como corrida, natação, bicicleta e caminhada.

COMPETIÇÃO X CICLO MENSTRUAL

Quem pratica esportes de forma competitiva pode buscar ajuda multidisciplinar para lidar com os desconfortos menstruais e conseguir treinar para obter a máxima performance.

Seu médico ginecologista poderá prescrever medicamentos que ajudem a controlar a variação hormonal; um nutricionista ajudará a segurar a fome e a ansiedade da TPM para evitar o ganho de peso e a retenção hídrica e um profissional de educação física é útil para indicar o melhor treino para aquele período do mês.

Vale mencionar que cada mulher responde de maneira diferente ao desempenho da atividade física e intensidade durante o período menstrual, portanto não tem problema adequar treinos de alta performance ou exercícios de moderados a leves se o seu assim pedir.

*VANESSA FURSTENBERGER é educadora física desde 1995. Mesmo sendo profissional do esporte, tinha dificuldade para manter o peso saudável, não tinha equilíbrio na alimentação e chegou a pesar 98 kg. Com 40 anos eliminou 40 kg e hoje ajuda pessoas a estabelecerem um estilo de vida saudável e equilibrado. Aqui na AnaMaria, compartilha dicas para um estilo de vida mais leve e com saúde! Instagram: @va.personal

Último acesso: 18 Sep 2021 - 13:04:05 (1147961).