AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Qual é o melhor jeito de tratar a minha tosse? Entenda o problema

A função da tosse é remover agentes irritantes e limpar a via respiratória

*Dra. Maura Neves, colunista de AnaMaria Digital Publicado em 14/06/2022, às 08h20

Tosse é o sintoma de que algo está irritando a sua via respiratória. - Annie Spratt/Unsplash
Tosse é o sintoma de que algo está irritando a sua via respiratória. - Annie Spratt/Unsplash

Basta olhar para os lados e ver que o cof-cof da tosse afetou muitas pessoas nas últimas semanas, provavelmente um efeito do início do outono e da onda de frio que afetou várias regiões do Brasil.

É importante dizer que a tosse é um reflexo natural do sistema respiratório e decorre de qualquer processo irritativo, seja inflamatório, infeccioso ou alérgico, da via aérea. 

Sua função é remover agentes irritantes e limpar via respiratória. Ou seja: ela atua na defesa do organismo e serve de alerta para uma eventual infecção ou alergia. Assim, apesar de ser muitas vezes ser "chata", a tosse indica que algo não vai bem.

Ela é classificada quanto a sua duração. Tosse com duração inferior a 30 dias é chamada de aguda e com mais de 90 dias são tosses crônicas. Outra característica importante é se a tosse é seca ou produtiva, ou seja, quando há saída de secreção. Isto é fundamental para determinar a causa e guiar o tratamento correto.

DE ONDE VEM?

São muitas as causas de tosse. Entre elas:

  • Infecção viral: gripes, resfriados, faringites, laringites.
  • Alergia: alergênico como poeira domiciliar, ácaros, fungos, pelos de animais etc.
  • Inalação de irritantes: poluição, produtos químicos ou de limpeza, perfumes etc.
  • Ar-condicionado ou temperatura fria e seca: o ar frio e seco é irritante para a via respiratória.
  • Infecções pulmonares: podem ser agudas como pneumonia ou crônica como tuberculose
  • Tabagismo: como já ficou mais do que claro, fumar realmente não faz bem para o seu pulmão, viu!
  • Sinusite: a tosse ocorre por presença de secreção em seios paranasais que “escorre” pela parte posterior do nariz em direção a garganta.
  • Refluxo faringo laríngeo ou refluxo gastroesofágico
  • Aspiração de corpo estranho: mais frequente em crianças que, por hábito levam objetos a boca. Pode ocorrer aspiração desse objeto.
  • Bronquite crônica, asma ou enfisema pulmonar
  • Tumores

RECOMENDAÇÕES PARA DAR UM FIM NA TOSSE

A tosse é um sintoma que pode atrapalhar bastante. Para reduzir os sintomas, existem algumas sugestões simples:

  • Hidratação: beber água ajuda na fluidificação de secreções e hidratação de toda a via área.
  • Lavagem nasal com soro fisiológico: rinites e sinusites são causas muito frequente de tosse. Manter uma boa respiração nasal sem acúmulo de secreções ajuda a controlar o sintoma.
  • Inalação com soro fisiológico: ajuda a umidificar a via aérea e pode ajudar na tosse.
  • Evite comer muito antes de deitar.
  • Evite café, chá preto ou mate, chocolate e alimentos condimentados: eles podem piorar sintomas de refluxo.
  • Umidificador ou vaporizador nos dias mais secos ajudam a aumentar a umidade do ar.
    Mantenha o ambiente ventilado.
  • Não fumar e evitar irritantes respiratórios como odores fortes, fumaça de queimadas, produtos de limpeza e etc.

QUAL É O MELHOR XAROPE PRA MINHA TOSSE?

Esta é uma pergunta muito frequente. Outra queixa muito comum é: "Tomei um vidro de xarope e a tosse não passa". É muito importante saber que cada xarope tem uma composição e funciona para um tipo de tosse. Alguns xaropes são para soltar o catarro e outros servem para inibir o reflexo da tosse, por exemplo.

Assim, cada medicamento age de uma forma, sendo especifico para um tipo de tosse. E será apenas uma avaliação medica que poderá determinar qual é o medicamento mais adequado para aquele momento. O uso de medicamentos sem avaliação médica aumenta as chances de uso de medicamento incorreto.

DICAS CASEIRAS PARA MELHORAR A TOSSE

O mel tem ação comprovada em reduzir a tosse. Atua ao diminuir a inflamação da garganta, e, consequentemente nesse reflexo.

O própolis tem propriedades antimicrobianas e, no caso de uma infecção, ajuda também. Gengibre e alcaçuz têm propriedades semelhantes e podem ser usados.

Os chás quentes ajudam pela temperatura: o calor do chá costuma trazer alívio da tosse. Contudo, convém evitar os chás com muita cafeína (preto e mate).

*DRA. MAURA NEVES é formada na Medicina pela Faculdade de Medicina da USP. Residência em Otorrinolaringologia pelo HC- FMUSP. Fellow em Cirurgia Endoscópica pelo HC- FMUSP. Doutorado pela Faculdade de Medicina da USP. Médica Assistente do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo -SP. Aqui na Revista AnaMaria, trará quinzenalmente um conteúdo novo sobre a saúde do ouvido, nariz e garganta. Instagram: @dra.mauraneves

{# Taboola Newsroom #}