AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Quer ser mais feliz? Repense a forma como você faz a sua refeição

Realizar atividades com carinho por sete dias aumenta a felicidade

*Dra. Renata Aniceto, colunista de AnaMaria Publicado em 09/07/2021, às 10h00

Alimentação é uma verdadeira troca de carinho. - Pixabay
Alimentação é uma verdadeira troca de carinho. - Pixabay

A descoberta do fogo possibilitou que o homem dedicasse um tempo ao preparo dos alimentos. Ao mesmo tempo, ele passou a reunir pessoas ao redor da fogueira a fim de se esquentarem, amolecerem as carnes de caça. Logo, todos perceberam que aquele era um momento de troca.

Muito além da fome fisiológica, estar ao redor do fogo possibilitava matar a fome de emoções. Nas grandes dinastias, o ato de se reunir à mesa simbolizava o poder, indo desde o menu servido até o posicionamento das cadeiras.

Assim, a cozinha, o cozinhar, o comer junto têm significados diversos conforme a época e a sociedade vigente. E o que dizer do século 21?

COZINHA AFETIVA
A alimentação ganhou formatos de preocupação com a saúde, mas não é só isso. De maneira subliminar, podemos perceber que ela traz símbolos de afeto bem delineados. Houve uma ascensão da Cozinha Afetiva, seja nos programas de TV ou nas receitas de família resgatadas em casa. Neste ponto, peço a ajuda da ciência para falarmos do PODER da cozinha na busca também do bem-estar emocional.

Em “A range of kindness activities boost happiness”**, artigo publicado em 2018 no The Journal of Social Psychology, pesquisadores buscaram estudar o impacto de atos gentis e de bondade na construção do nosso bem-estar e felicidade. O resultado? Realizar atividades com carinho por sete dias aumenta a felicidade. 

Além disso, relataram uma correlação positiva entre o número de atos bondosos e o aumento da felicidade. A gentileza com laços fortes, laços fracos e consigo mesmo, bem como a observação de atos de gentileza, têm efeitos igualmente positivos sobre a felicidade.

Por esse aspecto, o ato de cozinhar para nós, para os outros, ou de cozinharem para nós e comermos juntos, promove efeitos altamente poderosos na nossa autoestima e felicidade... Não importa como, aonde ou o motivo, mas esse movimento pode ser transformador!

Se você ainda não começou esse movimento promotor de afeto, segurança e felicidade, pode acompanhar o trabalho da Liga da Cozinha Afetiva e ver dicas para transformar seu estilo de vida.

Tem receita mais afetiva do que BOLINHO DE CHUVA? E se, além de delicioso, ele for saudável? Mãos à obra esquentar o coração da família.

BOLINHO DE CHUVA ASSADO
bolinho de chuva(Crédito: Pixabay)

  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar demerara
  • 3/4 de xícara (chá) de leite semidesnatado
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 2 ovos

Em um recipiente, coloque todos os ingredientes, menos o fermento e a farinha de trigo. Com ajuda de um fouet ou na batedeira, misture todos os ingredientes até obter uma massa homogênea. Acrescente a farinha de trigo e o fermento peneirados, aos poucos, misturando bem até que tenham sido incorporados.

Faça os bolinhos ou, para ficar mais divertido, despeje a massa em forminhas de empadinha untadas ou em forminhas de cupcake. Leve para assar em forno pré-aquecido a 200ºC por aproximadamente 20 minutos.

*Dra. RENATA ANICETO |CRM 88006 é médica formada pela Faculdade de Medicina do ABC, pediatria e hematologista pela FMUSP/SP. Aqui em Ana Maria escreve sobre medicina culinária, nutrição afetiva e estilo de vida na infância. Instagram: @ligadacozinhaafetiva

**Fonte: Rowland L, Curry OS. A range of kindness activities boost happiness. J Soc Psychol. 2019;159(3):340-343. doi: 10.1080/00224545.2018.1469461. Epub 2018 May 15. PMID: 29702043.

{# Taboola Newsroom #}