AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

3 dicas de empreendedorismo para mulheres maduras

Veja 3 dicas de empreendedorismo com Bia Granja, uma das maiores referências em influência digital no país

*Leka Oliveira, colunista de AnaMaria Digital Publicado em 14/10/2022, às 08h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Bia Granja e Leka Oliveira durante evento de empreendedorismo - Crédito: Instagram/@lekaolliveira
Bia Granja e Leka Oliveira durante evento de empreendedorismo - Crédito: Instagram/@lekaolliveira

As dificuldades em relação ao mercado de trabalho levam muitas mulheres maduras a se reinventarem, em busca de novos rumos profissionais. Mas, afinal, é possível ter sucesso empreendendo? Existe idade certa para empreender e produzir conteúdos nas redes sociais?  Sim, é possível empreender e ter sucesso na maturidade, pois não existe idade ideal, mas trata-se de um processo desafiante, como em qualquer momento da vida.

Eu, Leka, comecei a empreender e criar conteúdo, após anos insatisfeita com as condições do trabalho formal - como docente universitária de psicologia. Hoje, aos 46 anos, sinto que dei passos importantes, estou feliz, me realizando, mas sei que ainda é só o começo.

Recentemente, participei do Youpix Summit, realizado em São Paulo (SP). O evento reuniu grandes nomes do mercado de influência e criação de conteúdo do país. Na ocasião, tive a honra de conhecer e bater um papo com Bia Granja, uma referência nacional nas áreas de negócios, empreendedorismo e influência digital. Peguei com a especialista 3 dicas preciosas para mulheres maduras, que pretendem empreender. Confira!

Bia Granja
Bia Granja, durante o Youpix Summit 2022 (Crédito: Instagram / @lekaolliveira)

DICA 1: TENHA UMA ATITUDE EMPREENDEDORA

Segundo Bia Granja, o que transforma o que você faz em um negócio é a capacidade de gerar dinheiro. Para ela, não adianta ter conhecimento, mas não empreender o seu negócio a partir do conteúdo. "Muitas vezes, e principalmente no começo, você vai estar sozinha. É preciso ter resiliência e abertura para se arriscar, acreditando em algo quando ninguém mais acredita e transformando ideias em ações. É fácil? Não, nem um pouco. Mas, é o seu propósito sendo realizado e o seu negócio acontecendo", lembra ela.

DICA 2: VALORIZE SUA EXPERIÊNCIA E O QUE SABE FAZER

Segundo a especialista, não é fácil começar algo totalmente do nada. Por isso, mulheres que passaram dos 40 ou 50 anos devem valorizar sua experiência, habilidades e talentos, investindo no empreendedorismo a partir do que gostam, do conhecimento adquirido ao longo dos anos e do que sabem fazer. Assim, não adianta querer se dedicar a algo só porque está em alta. Dedique-se as suas paixões, como pintar, cozinhar e ensinar. O céu é o limite e você pode empreender em qualquer área de atuação.

DICA 3: MARQUE PRESENÇA NAS REDES SOCIAIS

Estar nas redes sociais é fundamental, mais do que nunca. "Empreender, hoje em dia, é também produzir conteúdo sobre o que você sabe fazer. As redes ajudam a conquistar autoridade e, claro, expandir o alcance do seu negócio", lembra Bia. "Atualmente, existem muitas opções na internet, como Instagram, LinkedIn, TikTok, Pinterest... Escolha o mais adequado com o perfil do seu público, para se comunicar e vender seus produtos e serviços."

Gostou do conteúdo dessa matéria? Então, para ver mais siga meu perfil @lekaolliveira e use a hastag da nossa comunidade #IdadeSemRegras .

Agradecimentos: Bia Granja - Creators Boost e Youpix Summit 2022.

LEKA OLIVEIRA, produtora de conteúdo, empreendedora e colunista ageless. Na Revista Ana Maria apresenta artigos para as mulheres maduras, principalmente com foco em moda, beleza e autoestima. Instagram: @lekaolliveira

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!