AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Como evitar o escape de xixi durante os exercícios físicos?

Dicas para evitar o escape de xixi durante os exercícios físicos

*Leka Oliveira, colunista de AnaMaria Digital Publicado em 17/06/2022, às 08h00

Leka Oliveira e Elijane Holanda falam que a falta de controle em relação à urina pode causar desconforto. - Arquivo pessoal
Leka Oliveira e Elijane Holanda falam que a falta de controle em relação à urina pode causar desconforto. - Arquivo pessoal

Ei, menina! Vamos falar sobre escape de xixi? Apesar de ocorrer entre as jovens, esse problema é mais comum e afeta mais as mulheres maduras que estão passando ou passaram pela menopausa. Isso porque as alterações hormonais, como a carência de estrógeno, podem comprometer e enfraquecer o assoalho pélvico.

Só que a incontinência urinária ou escape de xixi, ainda é um tabu, pois envolve preconceito, sendo um tema pouco mencionado entre as mulheres. O que não é bom, visto que a falta de controle em relação à urina pode causar desconforto, afetando seu bem-estar, autoestima e qualidade de vida.

Muitas mulheres mudam a rotina, acham que esse é um problema normal na velhice e não procuram auxílio para evitar esse problema. Além disso, deixam de se exercitar por medo ou vergonha de passar por constrangimentos durante as atividades físicas.

Pensando em trazer para você informações que podem te ajudar a evitar esse problema e continuar cuidando da saúde, conversei com a Educadora Física Elijane Holanda, do Studio Healthy Living, localizado no Bairro da Vila Olímpia, em São Paulo (SP). Na sequência, separamos dicas valiosas para você não deixar de se exercitar por causa do escape de xixi!

1. FAÇA ATIVIDADES DE BAIXO IMPACTO E FORTALEÇA O CORE

escape de xixi
Leka Oliveira (Crédito: Arquivo Pessoal)

A educadora físcia Elijane ressalta que o mais importante é você não deixar de se exercitar por causa do problema, pois nosso corpo precisa de movimento e se manter ativo e saudável. "Então, procure atividades de baixo impacto que te dêem segurança para se movimentar e que não aumentem a possibilidade de ocorrer os escapes", aconselha.

Existem várias opções, como pilates e treinamento funcional personalizado, considerando as necessidades de cada aluna, que são ótimas opções. "Converse com seu instrutor físico e adapte os exercícios, considerando o problema. Isso, vai te deixar mais segura e confortável", diz.

2. ANTES DO TREINO: BEBA POUCA ÁGUA E FAÇA XIXI

exercícios físicos
Leka Oliveira (Crédito: Arquivo Pessoal)

A educadora física traz dois cuidados que podem prevenir o escape de xixi durante as atividades: "Procure ingerir menor quantidade de água e também fazer xixi antes do início do treino. Esses cuidados básicos podem ajudar a aliviar bastante o problema, mas só se o descontrole não for muito intenso.”

3. SE PRECISAR, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA

exercícios pélvicos
Leka Oliveira (Crédito: Arquivo Pessoal)

Para finalizar, Elijane ressalta que, apesar de acometer as muheres mais velhas, a perda involuntária de xixi pode ocorrer por diversos motivos. No entanto, pode causar muito desconforto e dependendo do caso, afetar a qualidade de vida.

Por isso, em casos de muito desconforto, intensidade e constância do escape, procure orientação médica.” Viu só? Cuidar do seu corpo é essencial para a sua saúde e bem-estar. Por isso, preste atenção no seu corpo e cuide de você.

Agradecimentos: Elijane Holanda, Educadora Física do Studio Healthy Living, Vila Olímpia/SP.

LEKA OLIVEIRA, psicóloga, produtora de conteúdo, empreendedora. Na Revista Ana Maria apresenta especialmente para as mulheres maduras, dicas de moda, beleza, autoestima, saúde e muito mais. Instagram: @lekaolliveira.

{# Taboola Newsroom #}