AnaMaria
Comportamento / IDIOMAS

Aprender inglês sozinho? Veja 8 dicas práticas para manter a persistência e disciplina

Professora reuniu alguns conselhos para quem quer se jogar em um novo idioma

Da Redação Publicado em 04/03/2021, às 09h00

Com a motivação necessária, é possível aproveitar a quarentena para aprender - Pixabay/Karolina Grabowska
Com a motivação necessária, é possível aproveitar a quarentena para aprender - Pixabay/Karolina Grabowska

Muitas pessoas aproveitaram o período de quarentena para se dedicar a novos hobbies e aprendizados, entre eles o estudo de um novo idioma. Nesse contexto, é comum se perguntar: dá para aprender inglês sozinha? Segundo a professora, Carol Capel, que também é empresária e youtuber, a resposta é sim.

“Sou um exemplo de que isso é possível. Aprendi inglês sozinha, assistindo a séries de TV e estudando com os livros que a minha mãe usava para aprender o idioma. Aos 16 anos, já tinha fluência no inglês”, conta. 

Carol ressalta, porém, que é fundamental manter a disciplina e a persistência, tornando o estudo um hábito. Pensando nisso, a professora reuniu algumas dicas para quem deseja aprender um novo idioma em casa, mas não sabe por onde começar. São elas: 

  1. Organize seus horários. Defina o tempo necessário (e possível!) para se dedicar aos estudos, procurando respeitá-lo sempre.
  2. Motive-se. Por que você quer aprender determinada língua? A dica é refletir sobre os seus propósitos para que, assim, possa encontrar mais motivação. 
  3. Seja curiosa. É importante se envolver ao máximo com o idioma que você deseja falar, seja através de músicas, séries, podcasts…
  4. Leia em voz alta. Dessa maneira, será possível melhorar a pronúncia das palavras, o chamado ‘speaking’, no caso do inglês. 
  5. Escreva mais. Outro caminho é escrever textos no idioma aprendido. Vale falar sobre a sua cidade, família, escola, trabalho ou qualquer outro tema que tenha afinidade.
  6. Converse com amigos. Procure bater papo com algum amigo que saiba, pelo menos um pouco, da língua desejada. 
  7. Pense no idioma. Pode parecer estranho, mas é importante não traduzir todas as palavras em sua cabeça e se acostumar com o novo idioma. 
  8. Não se preocupe com os erros. Vale lembrar que você ainda está aprendendo e não deve ter medo de falhar no meio do processo. 

Por fim, Carol Capel traz uma solução para quem perdeu o emprego durante a pandemia e está em busca de um segundo idioma para se recolocar no mercado de trabalho, por exemplo. A professora oferece o curso básico “Carol, me ensina inglês” gratuitamente através do aplicativo Sparkle, que faz parte da plataforma Hotmart