AnaMaria
Comportamento / Crise no relacionamento

Assim como Sammy e Pyong Lee, muitos casais reataram; entenda porquê

Especialista comenta principais motivos que levam casais a se separarem e reatarem

Ana Luiza Xavier, com supervisão de Vivian Ortiz Publicado em 26/10/2021, às 08h00 - Atualizado às 14h17

Saiba qual é a maior motivação para casais reatarem seus casamentos - Instagram/@pyonglee
Saiba qual é a maior motivação para casais reatarem seus casamentos - Instagram/@pyonglee

O ex-BBB Pyong Lee e a esposa, Sammy Lee, retomaram o casamento após várias polêmicas envolvendo o suposto affair do hipnólogo com Antonela Avellaneda durante a participação dele no reality 'Ilha Record'. Os boatos e fofocas, na ocasião, aumentaram quando ele surgiu na cama da modelo em uma das chamadas do programa. Assim que viu as imagens na TV,  Sammy anunciou que estava terminando com a relação.

Recentemente, porém, a influenciadora digital usou suas redes sociais para anunciar que decidiu perdoar o marido e dar uma segunda chance para a família que construiu com ele. Os dois são pais do pequeno Jake, de 1 ano e meio. Essa reconciliação do casal dividiu opiniões na internet, pois muitos afirmaram não acreditar na mudança de comportamento do youtuber. Já outros usaram o setor de comentários da publicação para palpitar na vida do casal. 

Entretanto, é difícil opinar quando não se está na relação e sem saber o que acontece entre quatro paredes. O psicólogo AirtonTadeu, especialista em terapia de casal, revela que um dos principais motivos para um casal terminar é a insatisfação. “Tem muito a ver com as super expectativas, aquela mania de acreditar que o outro sabe tudo que eu quero, como se tivesse escrito na testa. E não está”, avalia o especialista.

MAIS UMA VEZ
Escolher voltar é uma situação bem comum entre os casais. A estudante de psicologia ItamaraCoelho conta que, após namorar por um ano e oito meses com Caio Acuna, o rapaz foi fazer um intercâmbio e, ao se deparar com uma cultura nova e diferente, ele decidiu terminar, para se conhecer melhor. Além disso, a distância também não ajudava muito. "Nossas vidas estavam em lugares diferentes", explica a jovem.

Um ano e dois meses depois, porém, os dois reataram o namoro. "A decisão de voltar foi meio que surpresa, porque a gente terminou amigavelmente e, então, falávamos às vezes para saber novidades. Mas chegou um ponto que começamos a conversar constantemente, até que decidimos sair para jantar e tentar ver como seria", conta Itamara.

Ela confessa ter ficado “com os dois pés atrás”, sem saber se gostaria mesmo de reatar. “Com o término, eu fiquei bem traumatizada e não queria namorar de novo, mas fui percebendo que ainda tinha um pouquinho de sentimento, no fundo, e aí as coisas foram rolando até que a gente realmente decidiu voltar", emenda.

Com Luisa Scavone, de 21 anos, a história foi parecida. Após um ano de namoro, ela e Matheus Matsuno decidiram terminar após uma discussão sobre assuntos delicados e particulares. A jovem conta que, na ocasião, por falta de comunicação, nenhum dos dois entendia bem o motivo pelo qual haviam terminado.

Entretanto, duas semanas depois, o casal voltou a se falar, casualmente, pelas redes sociais, até que Matheus decidiu enviar uma mensagem pedindo para encontrar a estudante. Luisa conta que foi após essa conversa que ambos concordaram em reatar. "Eu não tinha deixado de gostar dele, e não entendia o motivo pelo qual ele quis terminar. Ele percebeu que errou e quis voltar atrás e depois de conversar muito,  aceitei", explica.

ENTENDER
Para o terapeuta de casal, uma das ferramentas importantes em qualquer tipo de relacionamento é a comunicação, que precisa ser verdadeira e efetiva entre as partes. “O problema é que, atualmente, as pessoas acham que é falta de romantismo ter falar o que elas querem”, explica.

Airton afirma que, em um relacionamento, vocês serão as pessoas que mais conhecem os defeitos um do outro. “O amor consolidado, efetivo, é aquele que as pessoas percebem as diferenças e falam ‘eu amo você mesmo assim’”, explica.

LIDAR COM CRÍTICAS
Assim como Sammy Lee, muitas mulheres são bastante criticadas e julgadas por sua decisão de reatar o romance. Luisa conta que, assim que voltou com Matheus, suas amigas ficaram super felizes de vê-la bem. Entretanto, a jovem conta que foi seu pai quem teve problemas em aceitar essa volta, justamente por ter acompanhado o sofrimento da filha de perto.

No caso de Itamara, quem não aceitou muito bem a reconciliação foram suas amigas. A estudante afirma que, embora entenda o lado delas - de querer protegê-la - espera que possam ver o quanto está feliz. “Foi e continua sendo um relacionamento bom, sem nada abusivo. Então, acho que elas deveriam entender, mas não vou obrigar e também não dou atenção, porque estou feliz com meu namoro”, conclui.

QUERO CONTINUAR?
Será preciso avaliar alguns fatores, mas Airton destaca que um relacionamento bom é aquele que te traduz, e te faz saber quem você é. Segundo o profissional, a relação deve ser como um espelho, “que fala alto sobre suas qualidades e defeitos.” Ou seja: está com algumas atitudes estranhas, e nem se reconhece mais? Pode ser hora de fechar essa porta definitivamente.

Além disso, o especialista lembra a necessidade de cuidar da relação como se fosse um filho, ou uma espécie de terceiro membro do casal: "Todos os lados precisam ser cuidadosos e se dedicarem a esse ‘terceiro ente’, ou seja, perceber o que a relação em si precisa", conclui o psicólogo.