AnaMaria
Comportamento / AUTOCUIDADO

Maytê Piragibe vê na aromaterapia maneira de driblar vida agitada; veja dicas

Aos 37 anos, ex-atriz da Globo e da RecordTV alia várias funções à maternidade solo e consciente

Milena Garcia Publicado em 22/07/2021, às 08h00

Maytê acredita que os óleos essenciais são uma forma de resgatar a ancestralidade - Instagram/@maytepiragibe
Maytê acredita que os óleos essenciais são uma forma de resgatar a ancestralidade - Instagram/@maytepiragibe

Maytê Piragibe é atriz, apresentadora do canal Like, empresária, produtora, criadora de conteúdo digital, mãe solo da Violeta, de 10 anos… Ufa! Deve ser difícil administrar tantas funções, né? Em entrevista exclusiva à AnaMaria Digital, ela conta que o segredo para dar conta de tudo é “planejamento, organização, flexibilidade dentro do que é prioridade e saber delegar para as pessoas certas”. 

Além disso, a artista explica que é importante evitar os problemas, em vez de esperar que eles surjam. “O fluxo de produtividade vai muito com a pré-organização, para não só apagar incêndio, mas conseguir ter uma estratégia de forma mais efetiva”, afirma.

Essas habilidades se fizeram ainda mais necessárias durante a pandemia, quando a apresentadora teve que descobrir novos talentos e adaptar as gravações do canal Like, em que dá dicas de filmes e séries, ao home office

“Para gravar, faço um trabalho da direção de fotografia, da própria direção em si, direção de arte, maquiagem, figurino e toda essa autonomia criativa. Ao ser artista, você aprende a gerir em vários outros setores que antes a gente conseguia delegar. Isso traz uma responsabilidade maior, além de um respeito ainda mais especial a todas essas funções”. 

Como empreendedora, Maytê inaugurou a sua própria fábrica de óleos essenciais e hidrolatos, chamada Essência de Bocaína, há três anos e meio. O projeto surgiu a partir de uma ideia da mãe dela, Teresa Piragibe, em uma viagem à Europa e ganhou forma em uma propriedade da família. 

“Teve a transição da nossa fazenda, que criava gado, animais para leite e manteiga. Foi libertador vender todos animais, deixá-los livres e fazer essa transferência. Essa transformação para uma terra com plantas medicinais e aromáticas, onde a gente pode proporcionar cura, não só medicinal, mas terapêutica”, explica. 

AROMATERAPIA

Crédito: Lucas Henrique/Instagram/@maytepiragibe

Para Maytê e Teresa, os óleos essenciais vão muito além do negócio e representam uma verdadeira paixão, que proporciona o resgate da ancestralidade e consciência ecológica - além da própria conexão entre mãe e filha. “Acredito que a ciência conectada ao processo natural tem um efeito muito mais efetivo do que só tratar as consequências, e sim olhar com mais atenção às causas”, disse. 

A dica da empresária para quem quer conhecer esse universo é procurar um profissional em aromaterapia, já que apenas um especialista no assunto poderá recomendar a fórmula ideal para o seu corpo, peso e momento de vida. “As receitas são inúmeras, depende exatamente qual o tipo de questão, dificuldade ou problema físico que você precisa ultrapassar”. 

AUTOCUIDADO

Crédito: David Ludolf/Instagram/@maytepiragibe

O momento em que a rotina multifuncional de Maytê Piragibe caminha ao lado dos benefícios dos óleos essenciais é em seu ritual matinal de autocuidado - em que a artista preza pelo empoderamento feminino e pela conexão com si mesma. 

“O meu ritual começa com meditação com pedras, até porque as terapias holísticas são um processo regenerativo de auto imunização (...) Então, já começa com um processo interno de acordar, com afirmações positivas, lugar de despertar de uma forma mais amorosa com o corpo”, explica. 

Quando o assunto é skincare, suas palavras-chaves são o cultivo à natureza. “100% da minha beleza são de marcas sustentáveis de beleza natural, com praticamente 90% de ativos naturais. Faço massagem, ioga facial, tenho o meu rolon de quartzo rosa, ozonioterapia, drenagens que eu aprendi a fazer com as mãos e com esses ativos que ajudam a drenar o rosto (...) Além disso, muita água e muito óleo essencial!”. 

“Tudo faz parte, o corpo não é fragmentado dos sentimentos, tudo está embutido. Estamos vivendo um carrossel de emoções, a pele é um reflexo dos nossos sentimentos, pensamentos, ações”, recomenda às outras ‘super-mulheres’ como ela.