AnaMaria
Comportamento / CONSELHO DE AMIGA

Mensagem da Karlinha: Amor não se define, se sente!

Recado da semana reflete sobre os verdadeiros efeitos do amor

Karla Precioso Publicado em 19/07/2021, às 08h00

Esta foi a mensagem da Karlinha da edição 1285 - Pixabay/Photo Mix
Esta foi a mensagem da Karlinha da edição 1285 - Pixabay/Photo Mix

Conta a lenda que a professora pediu aos alunos que levassem à escola o que despertasse neles o sentimento do amor. Uma criança levou uma flor, a outra um filhote de pássaro... Ao ver que um garoto tinha ficado quieto, ela perguntou: “Por que não trouxe nada?”. 

Então, o menino respondeu: “Vi a flor, mas decidi não arrancá-la para que seu perfume pudesse durar mais tempo. Vi uma borboleta, porém ela voava feliz e não tive coragem de aprisioná-la. Tentei pegar um passarinho, mas notei o olhar triste de sua mãe e decidi devolvê-lo ao ninho. Por isso, não tenho como mostrar nada. O que trouxe comigo foram o perfume da flor, a sensação de liberdade da borboleta e a gratidão da mãe do passarinho”. 

A professora lhe deu a nota máxima, afinal ele foi o único a perceber que só podemos trazer o amor no coração. Como escreveu William Shakespeare (1564-1616), “O amor não se vê com os olhos, mas com o coração”. É isso: amor não se define e nem se apalpa. Amor se sente. Boa semana e fique com Deus.