AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

O que é narcisismo? Entenda características, causas e consequências do transtorno

O transtorno de personalidade narcisista gera prejuízos cotidianos e complicações para as relações interpessoais; saiba o que é narcisismo

Marina Borges

por Marina Borges

mborges_colab@caras.com.br

Publicado em 15/05/2024, às 09h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Narcisismo é um transtorno patológico - Freepik/kroshka__nastya
Narcisismo é um transtorno patológico - Freepik/kroshka__nastya

Você sabe o que é narcisismo? Este termo vem sendo muito utilizado nos dias atuais e, provavelmente, você já deve o ter escutado em conversas informais ou até mesmo em dabates nas redes sociais. Diante da popularidade do termo, nesta matéria, vamos abordar o narcisismo como um transtorno patológico, indo além do senso comum e nos aprofundando em suas nuances psicológicas.

Para entender melhor o que é o transtorno de personalidade narcisista, AnaMaria conversou com o psicólogo Alexander Bez, especialista em relacionamentos e saúde mental, que fornece informações valiosas acerca das características do narcisismo e dá dicas de como lidar melhor com uma pessoa narcista. Confira a seguir.

O que é narcisismo?

Narcisismo é um traço de personalidade que envolve um excesso de amor próprio, uma preocupação excessiva com a própria imagem e uma falta de empatia pelos outros. No contexto do Transtorno de Personalidade Narcisista, essa característica é exacerbada e pode levar a comportamentos prejudiciais para o próprio indivíduo e para as pessoas ao seu redor.

o que é narcisismo
Foto: Freepik/zinkevych

"Quando denominado ‘Transtorno de Personalidade Narcisista’, a personalidade do portador é refém desse transtorno, pois a psicopatologia narcisista comanda as ações a serem executadas. Para se configurar como um transtorno tem que haver uma série padronizada dos sintomas clássicos da condição mental narcisista, como: carência de empatia, amor próprio exagerado, sensação extrema de autoimportância, sentimento de grandiosidade, necessidade de controle e autoafirmação, entre outros", explica Alexander.

"O narcisismo patológico, pode ser compreendido como um transtorno de personalidade, encontrado de maneira persistente no grupo de condições mentais dramáticas (Grupo B). Já as questões que competem aos traços narcisistas são sintomas aleatórios, são apenas traços indicativos, mas que são breves e passageiros, não formando efetivamente o transtorno", acrescenta o psicólogo.

Possíveis causas do desenvolvimento do narcisismo

o que é narcisismo
Foto: Freepik

As possíveis causas do desenvolvimento do narcisismo incluem uma combinação complexa de fatores ambientais e genéticos. Traumas físicos, sexuais ou psicológicos na entre a 1ª e 4ª infância (0 a 8 anos) podem desempenhar um papel significativo no surgimento do transtorno narcisista da personalidade.

De acordo com Alexander, esses traumas podem resultar em fissuras e fragmentações cerebrais que influenciam o desenvolvimento psicológico e emocional da pessoa. Além disso, fatores genéticos podem predispor indivíduos ao narcisismo, contribuindo para uma vulnerabilidade maior a esse transtorno.

É importante destacar ainda que o narcisismo patológico é uma condição complexa e multifacetada, e sua manifestação pode ser influenciada por uma interação entre predisposições genéticas e experiências de vida.

Consequências do narcisismo

As consequências do narcisismo podem ser devastadoras tanto para o próprio indivíduo quanto para seus relacionamentos interpessoais e para a sociedade em geral. Indivíduos com transtorno de personalidade narcisista enfrentam uma série de complicações em suas vidas cotidianas.

"Normalmente, todas as áreas da vida da pessoa narcisista acabam fracassando. Os prejuízos incluem problemas no trabalho ou escola, uso abusivo de drogas e/ou álcool, isolamento social, relacionamentos instáveis e conturbados, além do risco aumentado de desenvolverem depressão, ansiedade e comportamentos suicidas", aponta Alexander.

o que é narcisismo
Uso abusivo de drogas e/ou álcool está entre as consequência do narcisismo - Foto: Freepik

Por outro lado, para aqueles que convivem com pessoas narcisistas, as consequências também são significativas, incluindo baixa autoestima, sentimentos de culpa, medo, ansiedade e desconfiança generalizada. O especialista explica também que, muitas vezes, essas pessoas podem desenvolver problemas de saúde física como resultado dos danos psicológicos causados pelo relacionamento com um narcisista.

Saiba como superar os traumas causados por mães narcisistas

Dicas para quem convive com uma pessoa narcisista

O narcisismo patológico é extremamente nocivo e prejudicial tanto para quem o possui quanto para quem convive com alguém narcisista. "A melhor maneira de lidar é entender que a pessoa não irá mudar e precisa de tratamento. No entanto, apelar pela criatividade e pela disposição de conviver sem enfrentá-lo já se faz bem interessante. Nunca bata de frente, você irá perder", aconselha Alexander.

De acordo com o especialista, os narcisistas patológicos sempre se colocam em primeiro lugar, apresentando uma extensa inveja ao sucesso alheio. Precisam ser admirados e/ou idolatrados, por se acharem mais inteligentes e com beleza superdotada. Não discutir essas questões já se faz outra importante dica.

o que é narcisismo
Geralmente, pessoas narcisistas são invejosas - Foto: Freepik/Racool_studio

Aprender a conviver pode ser uma tática eficiente, mas para essa eficiência funcionar, requer muita paciência. "Os narcisistas patológicos se chateiam facilmente com críticas, mesmo as construtivas, e com relatos de sucesso de terceiros, por isso tente evitar de fazê-los", aponta o psicólogo.

"Quando assim, eles podem contra-atacar, esteja sempre preparado. Outra importante dica é tentar não confiar demais, pois pessoas com esse transtorno acabam se tornando não confiáveis. A psicoterapia pode ser muito eficaz para esses indivíduos e, em alguns casos, o uso de medicamentos", acrescenta Bez.

A seguir, confira as dicas em tópicos para conviver e lidar melhor com pessoas narcisitas:

  • Entenda que a pessoa narcisista não irá mudar e pode precisar de tratamento psicoterapêutico;

  • Evite confrontos diretos, pois isso geralmente leva a uma reação negativa por parte do narcisista;

  • Não discuta sobre questões de superioridade ou inveja, pois isso pode desencadear respostas negativas;

  • Tenha paciência ao lidar com o narcisista, pois eles podem se chatear facilmente com críticas ou com o sucesso de outras pessoas;

  • Esteja preparado para possíveis contra-ataques quando suas ações ou palavras confrontarem o narcisista;

  • Evite depositar muita confiança em pessoas com transtorno narcisista, pois elas podem não ser confiáveis;

  • Reconheça que a psicoterapia pode ser uma ferramenta eficaz para indivíduos com narcisismo patológico, e em alguns casos, medicamentos podem ser necessários.

LEIA TAMBÉM

Relacionamento abusivo: psiquiatra explica como identificar um narcisista

Como é lidar com uma mãe narcisista? Entenda e comece a superar

Pais narcisistas podem fazer os filhos sofrer