AnaMaria
Coronavírus / Coronavírus

Jornalista do SBT que morreu de coronavírus acusou a emissora de negligência

José Augusto Nascimento Silva, o Naná, morreu de Covid-19 na segunda-feira (13)

Da Redação Publicado em 14/04/2020, às 10h54 - Atualizado às 10h56

José Augusto Nascimento Silva era conhecido como Naná no SBT - Reprodução
José Augusto Nascimento Silva era conhecido como Naná no SBT - Reprodução

A morte do editor de imagens do SBT José Augusto Nascimento Silva, de 57 anos, vítima do novo coronavírus, na segunda-feira (13), acabou levantando a situação em que opera o departamento de jornalismo da emissora.

De acordo com o site Notícias da TV, o editor já havia falado em áudios de WhatsApp sobre o SBT ser negligente e manter trabalhando os profissionais suspeitos de terem coronavírus. 

Ainda segundo o veículo, no áudio, Naná, como era chamado José Augusto pelos colegas, mostrou-se indignado com o descaso da emissora, a qual classificou como o "epicentro do coronavírus na cidade do Rio de Janeiro". 

"Nenhum lugar no Rio de Janeiro tem mais casos suspeitos que no SBT. (...) Eu agora estou sob suspeita, inclusive com atestado de 14 dias que o doutor deu porque me calcei, sabe que não sou burro. Se tiver que processar essa turma eu vou processar. Acho de uma irresponsabilidade tremenda", disparou ele. 

Dos 75 funcionários do Jornalismo, 35 foram afastados com suspeita de Covid-19. Incluindo Naná. 

José Augusto Nascimento Silva foi internado no final de março, poucos dias depois de conseguir um atestado médico, e passou cerca de duas semanas no hospital. Ele sofreu uma parada cardiorrespiratória na última sexta-feira (10) e foi para a UTI, de onde não saiu mais. 

O SBT afirmou ao Notícias da TV que está apurando o caso e lamentou a morte de Naná, que trabalhou na emissora por 30 anos. 

"A direção do SBT manifesta seu profundo pesar pelo falecimento de seu colaborador, uma perda lastimável para todos, e presta toda a assistência à família, desejando que tenham força para superar este momento tão difícil. O SBT reitera que adotou as adequadas medidas para prevenção do contágio e enfrentamento dessa doença, atendendo as determinações dos órgãos de saúde e autoridades sanitárias, e desconhece a origem e circunstâncias dos áudios mencionado e pede que todos tenham respeito e consideração pelas pessoas citadas", disse.