AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

OMS aprova uso emergencial da CoronaVac para maiores de 18 anos

Esse imunizante já é aprovado em território brasileiro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

Da Redação Publicado em 01/06/2021, às 17h10 - Atualizado às 17h51

Imagem ilustrativa - Pixabay/spencerbdavis1
Imagem ilustrativa - Pixabay/spencerbdavis1

A Organização Mundial da Saúde (OMS) liberou, nesta terça-feira (1º), o uso emergencial da CoronaVac, vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. A notícia foi dada após inspeção de especialistas nos locais de produção, que também avaliaram qualidade, segurança e eficácia.

Essa aprovação significa que mais países terão acesso ao imunizante, que já é aprovado em território brasileiro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Agora, eles poderão adquirir e utilizar a vacina, o que contribui para o combate global. 

Além disso, a aprovação pela OMS ajuda a abrir portas para a reabertura do turismo para brasileiros vacinados. "Hoje, eu fico feliz em anunciar que a vacina da Sinovac recebeu a autorização para uso emergencial da OMS após a constatação de que ela é segura, eficaz e de qualidade garantida após duas doses", comentou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreysus, nesta terça-feira (1º), em comunicado enviado à imprensa. 

"O fácil armazenamento da Sinovac faz com que ela seja adequada para lugares com menos recursos. É vital fazer com que essas vacinas e equipamentos cheguem rapidamente àqueles que necessitam", completou Tedros. 

A OMS recomendou o uso da CoronaVac para adultos de 18 anos ou mais, com aplicação de duas doses em um intervalo de 2 a 4 semanas. Além disso, a organização levou em conta os dados de eficácia da vacina, que mostraram que a prevenção de casos sintomáticos de Covid-19 em 51% das pessoas imunizadas.

O estudo também mostrou que as formas graves e as hospitalizações associadas ao novo coronavírus foram evitadas em 100% dos voluntários.

{# Taboola Newsroom #}