AnaMaria
Coronavírus / ALÍVIO

Repórter se emociona ao noticiar 30 dias sem mortes por covid-19 em hospital: ‘‘Felicidade muito grande’’

Kleber Teixeira comentou o assunto no ‘Mais Você’ desta quinta-feira (7)

Da Redação Publicado em 07/10/2021, às 11h15 - Atualizado às 11h15

Kleber Teixeira é funcionário da InterTV Cabugi, afiliada da TV Globo em Natal - TV Globo
Kleber Teixeira é funcionário da InterTV Cabugi, afiliada da TV Globo em Natal - TV Globo

O repórter Kleber Teixeira, da InterTV Cabugi, não conteve as lágrimas ao anunciar que o Hospital Giselda Trigueiro, em Natal (RN), não registra mortes por covid-19 há 30 dias. “O período sem mortes é o maior já registrado no hospital. É uma felicidade muito grande poder dar uma notícia dessa”, afirmou durante a transmissão. 

A unidade é a maior da região, com 35 leitos para receber pacientes na UTI. Atualmente, graças à contenção da pandemia através da vacinação, apenas 15 desses leitos estão ocupados. 

Não demorou muito para que o vídeo do repórter viralizasse nas redes sociais, o que rendeu um convite para participar do ‘Mais Você’ na manhã desta quinta-feira (7). Na ocasião, Ana Maria Braga não poupou elogios a Kleber. 

“Todo jornalista é gente como a gente. Às vezes eu não consigo segurar aqui. Não tenho sua função, mas acabo tendo por ser de um veículo de comunicação e informar. Sinto que as pessoas que demonstram sua emoção são mais verdadeiras, chega mais perto de quem está do outro lado”, declarou a apresentadora. 

Por sua vez, o repórter explicou que sua mãe é profissional da saúde, assim como alguns amigos, o que fez com ele tivesse mais noção das dificuldades trazidas pela pandemia. 

Quanto à própria profissão, completou: “A gente nesse período todo demos notícias ruins, de morte, de sofrimento. Essa foi de alívio. Jornalista tem sim que ficar longe, mas tem hora que o coração toma conta e não tem como segurar. Tenho um coração aqui”. 

Kleber Teixeira também reforçou que o Hospital Giselda Trigueiro recebeu apenas os casos mais graves de covid-19. Dessa forma, a notícia sobre o período sem mortes traz ainda mais esperança. “A gente já enxerga uma luz no final do túnel. Graças a vacinação, que todo mundo vai tomar a segunda dose, a terceira dose. Esse sofrimento vai ficar para trás”, comemorou.