AnaMaria
Coronavírus / relato

Sérgio Mallandro relata dias na UTI com Covid-19: ''Tive medo da morte''

O comediante disse que o período o fez ressignificar a vida

Da Redação Publicado em 25/10/2020, às 11h24 - Atualizado às 11h26

Sérgio ao lado dos profissionais de saúde - Instagram/@sergiomallandro
Sérgio ao lado dos profissionais de saúde - Instagram/@sergiomallandro

Sérgio Mallandro relatou, em entrevista à Época, divulgada neste domingo (25), que teve "muito medo da morte" durante o período que ficou internado na UTI com Covid-19 e, com isso, "passou a ressignificar a vida".

O comediante, que ficou oito dias na Unidade de Terapia Intensiva e recebeu alta na última terça-feira (20), contou que descobriu a doença quando estava colocando um perfume para sair e não sentiu o cheiro do mesmo.

"Liguei para o meu médico, fizemos o exame do coronavírus e vimos que estava já com 25% do pulmão comprometido", revelou Sérgio. 

Ainda para o veículo, o humorista disse que, durante a internação, passou um filme em sua cabeça. 

"Me internaram na UTI e fiquei oito dias lá, com febre, cansado, me tratando com remédios e oxigênio e com a cabeça totalmente pirada. Ali, veio um filme na minha cabeça, tive muito medo da morte e passei a ressignificar a vida", continuou. 

Sem deixar o bom humor de lado, Sérgio disse que foram "oito dias sem gluglu ou salci fufu", seus bordões mais conhecidos de sua carreira. 

Apesar das dificuldades, o momento pode render um novo projeto. "Conversando com enfermeiros e médicos, fiquei tocado com o amor que têm por cuidar dos outros. Me achei uma formiga, muito pequeno, diante da grandiosidade desses heróis. Em oito dias, com todos de máscaras, não vi o rosto de ninguém, mas pude sentir os olhares e os corações", explicou.

"Em paralelo, pensei o quão ruim está o mundo aqui fora, com valores distorcidos. As pessoas precisam se amar mais, ter generosidade e bondade e menos julgamentos. Agora, quero transformar essa reflexão em roteiro", completou.

Já com alta, Sérgio Mallandro voltou para a casa em São Conrado, localizada na Zona Sul do Rio de Janeiro (RJ). ​