AnaMaria
Descomplica / Tecnologia

Pesquisa por Voz está cada vez mais popular; veja dicas de como usar

Basta o usuário falar algum termo de busca, estando próximo a um dispositivo, que a mágica acontece

*Juliano Schimiguel, colunista de AnaMaria Publicado em 14/04/2021, às 08h20 - Atualizado às 14h28

Pesquisar por voz facilitou muito a nossa vida - Kaufdex/Pixabay
Pesquisar por voz facilitou muito a nossa vida - Kaufdex/Pixabay

Um dos grandes recursos disponibilizados pela internet, sem sombra de dúvidas, é o fato de ser um grande acervo digital. Muitos de nós somos daquela época em que, para realizar uma pesquisa, precisávamos ir até a biblioteca e fazer uso da famosa coleção da Enciclopédia Barsa. Para piorar, fotocopiadoras não existiam, ou não eram comuns (dependendo da sua idade rs), o que nos fazia ter que copiar o resultado de nossa pesquisa no próprio caderno.

Pelo bem de todos, isso já não é mais necessário! Hoje em dia, elas são feitas diretamente no computador, com a ajuda fundamental da Internet. Vale ressaltar que o termo 'pesquisa' virou sinônimo de ‘Google’, após a multinacional norte-americana mudar completamente o conceito e percepção que tínhamos do assunto. Pesquisar tornou-se algo extremamente fácil e lúdico, depois que eles lançaram o seu sistema de buscas, na segunda metade da década de 1990.

Entretanto, podemos afirmar que nos encontramos em outra fase do mundo das pesquisas: a versão por voz. Basta o usuário apenas falar algum termo de busca, estando próximo a um computador pessoal (computador de mesa), um notebook, um tablet, ou smartphone, que a mágica acontece e os resultados aparecem.

GOOGLE FOFOQUEIRO
Uma situação inusitada, muito comum atualmente, é você estar conversando presencialmente com outra pessoa e, entre uma história e outra, seu smartphone “se manifestar” (literalmente), achando que você estava “conversando com ele”. Fato! Muito provavelmente você deve ter dito “Ok” no meio da conversa com seu amigo, e o Google Assistente foi ativado. Este é um exemplo real da realização de pesquisa por voz!

Se você estiver próximo de seu celular, e falar as palavras “Ok Google”, o assistente será ativado, e você poderá fazer perguntas para ele, querendo saber como está o clima, notícias, informações em mapas, ou mesmo tocar alguma música no aplicativo Spotify, por exemplo. O “Ok Google” é o mecanismo de voz de dispositivos do tipo Android: o sistema de inteligência artificial do Google.

Existe outra forma de fazer a pesquisa por voz. Bastando acessar o site do Google, pressionar o botão/ícone do microfone à direita, ao lado do ícone do teclado. A opção, então, estará habilitada e você poderá falar seus termos e palavras de busca.

OUTRAS PLATAFORMAS
Além do buscador “Ok Google”, também podemos destacar a Siri, em dispositivos iPhone; o Cortana, na plataforma Windows; a Alexa, da Amazon, etc. A Siri também funciona em iPads, iPod touch com IOS 8 ou posterior.

Se o comando de voz não estiver ativo em seu dispositivo, basta acioná-lo nas configurações do aplicativo. Pode ser ainda que o Voice Match (recurso de correspondência de voz) não tenha sido devidamente configurado. Neste caso, deve ser acessado as configurações do app e depois inicializada a opção “Voice Match”. Deveremos então selecionar “Modelo de voz”, e “Redefinir modelo de voz”; teremos então que falar “Ok Google” por três vezes para configuração adequada. 

Também é fundamental verificar se existem atualizações disponíveis do aplicativo para baixarmos, na Play Store, no caso de dispositivos Android. Finalmente, deveremos confirmar o idioma do Assistente, para português; e desativar o modo de economia de bateria do dispositivo, pois esse recurso pode impedir o bom funcionamento do Google Assistente.

SANTO GOOGLE
Posso, inclusive, contar a minha experiência pessoal. Meu filho, de oito anos, sempre solicitava que eu digitasse os termos de pesquisa, no buscador Google. Agora, porém, ele mesmo acessa o Google no próprio notebook, liga facilmente o microfone, e fala os termos de busca! Pronto, é uma coisa a menos para eu ter que fazer. “Santa tecnologia”! “Santo Google”!

Uma das grandes vantagens da pesquisa por voz é que ela é muito mais rápida do que a versão com as informações digitadas. Além disso, a quantidade de smartphones do mundo já está ultrapassando a de computadores pessoais, tornando, definitivamente, a pesquisa por voz uma grande tendência. Talvez seja o “fim” dos teclados, ao menos nos dispositivos móveis, como smartphones e tablets. 

Por fim, as pessoas querem interagir com os dispositivos de uma forma natural, através da voz, da conversa, sem precisar ficar digitando no dispositivo tecnológico. De acordo com o SEO Fábio Ricotta, da Agência Mestre, no caso do robô ou chatbot Cortana, da Microsoft, é possível o usuário dialogar com o dispositivo, por exemplo, pedindo para agendar uma passagem aérea, e ele já questiona se o usuário também quer reservar o hotel.

Esperamos ter explicado um pouco sobre o fascinante mundo da pesquisa por voz. Até breve!

*JULIANO SCHIMIGUEL é Pesquisador, Orientador de Doutorado e Mestrado, Professor Universitário (Universidade Cruzeiro do Sul – São Paulo/SP, Centro Universitário Anchieta – Jundiaí/SP) e escreve sobre Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), além de seu impacto na sociedade e no ensino e aprendizagem. Para encontrá-lo, basta acessar seu LinkedIn ou mandar um e-mail: schimiguel@gmail.com