AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Vai comprar carro usado? Confira como fugir dos golpes

Carro usado? Saiba como fugir dos golpes

Ana Bardella Publicado em 24/08/2019, às 15h00

Preste atenção à pintura para perceber a diferença de tonalidade entre as partes - Banco de Imagem/iStock
Preste atenção à pintura para perceber a diferença de tonalidade entre as partes - Banco de Imagem/iStock

Comprar um possante seminovo ou de segunda mão requer atenção. Fabio Pinto, CEO da Carflix, explica como passar bem longe das ciladas mais comuns nesse comércio.

CONSÓRCIO SORTEADO 
Os bandidos anunciam um consórcio que foi contemplado (sorteado) e está disponível para a aquisição. Eles dizem que basta o comprador pagar uma taxa de transferência de titularidade e outros custos administrativos. 

O esquema todo é comprovado a partir de documentos falsos. Depois que o comprador faz o depósito, os golpistas desaparecem e a vítima fica sem o carro – ou, na melhor das hipóteses, participa do consórcio, mas fica esperando o sorteio sair assim como os demais. 

ESCONDER COLISÕES 
Neste caso, uma batida compromete parte da lataria, mas o dono dá um jeitinho de esconder. Em vez de fazer os reparos adequados, que são caros, uma espécie de massa é colocada no local danificado e a pintura é feita por cima. 

Um jeito de evitar isso? Preste atenção à pintura para perceber a diferença de tonalidade entre as partes. 

QUILOMETRAGEM ADULTERADA 
Esta é uma das enganações mais comuns. Verifique se os pedais, volante e câmbio não estão gastos, indicando que o carro está mais usado do que parece. 

Eles também não devem parecer novos demais, pois isso pode ter sido feito para mascarar desgastes. 

O último teste: olhar no site do Detran as inspeções realizadas no automóvel. Lá é possível conferir os quilômetros rodados e fotos do carro durante as vistorias. 

QUALIDADE DO PNEU 
Sabe a expressão “nem tudo que reluz é ouro”? Então... Os bandidos limpam e aplicam produtos como silicone e reparador para simular que os pneus são novos, mas eles podem ter desgastes severos. Para descobrir a malandragem, procure por pneus de marcas conhecidas e que tenham as marcações originais

VEÍCULO-FANTASMA 
Os espertalhões anunciam o veículo por um preço abaixo do mercado, em condições bem mais atrativas do que a concorrência. Quando a pessoa entra em contato, dizem que o carro está em outro estado e divulgam fotos. 

Em seguida, fingem que receberam uma oferta de outra pessoa interessada e que estão prestes a fechar a venda. Afirmam que só conseguem segurar o negócio mediante depósito ou transferência. 

Desesperada para não perder a oportunidade, a pessoa concorda. E, então, o vendedor some do mapa, deixando só o prejuízo.