AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Bombas para cabelo: só dão elas nas prateleiras

Conheça os produtos capilares inspirados no universo fitness, descubra o efeito dos seus principais componentes e saiba quais deles realmente fortalecem os fios

Ana Bardella Publicado em 23/10/2015, às 14h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

beleza - shutterstock
beleza - shutterstock
Se você gosta de malhar, tem amigos que não saem da academia ou acompanha a rotina das famosas do mundo fitness pelas redes sociais, já deve ter reparado que um dos fatores mais importantes para quem está querendo ganhar músculos é seguir uma dieta rica em proteína. Para acelerar o processo, muita gente ainda recorre ao uso de suplementos alimentares, como o whey protein – um produto composto pela proteína extraída do soro do leite que auxilia no ganho de massa muscular, cujo uso deve ser acompanhado pelo médico.
A novidade é que agora essas substâncias estão em fórmulas de cosméticos para o cabelo. A dermatologista Marina Barletta, especializada em tricologia, conta o que está por trás desses cosméticos.

Da academia para a perfumaria 

Whey Protein 
A Sociedade Brasileira de Dermatologia alerta: ainda não existe pesquisa que comprove os efeitos do produto nos fios. Sabe-se apenas que ele é uma proteína, e que algumas outras substâncias que também pertencem a essa categoria podem melhorar a qualidade do cabelo. Isso, porém, não garante que ele funcione da mesma maneira. De qualquer forma, algumas marcas usam a proteína e juram que melhora o fio.

Aminoácidos 
Deixam os cabelos comprovadamente mais fortes e bonitos – daí estarem sendo tão usados em cosméticos.

Proteína da soja 
Alguns estudos já provaram que a ingestão da proteína melhora a qualidade da pele e acelera o crescimento do cabelo. Quando utilizada em cosméticos, os efeitos podem ser os mesmos, só que um pouco mais leves.

Creatina
Assim como no caso do whey, não existe uma pesquisa que comprove os efeitos da substância. No entanto, estudo recente 
apontou que a ingestão excessiva por pessoas que apresentam tendências à calvície pode acelerar o processo de queda do cabelo. Quando ela está presente em um cosmético, o mesmo efeito pode acontecer. Vale ficar esperta.


Também bombam!

Vitamina A: Só deve ser usada em cosméticos industrializados. Nos manipulados, precisa ser receitada por médicos. Isso porque a alta concentração no corpo pode provocar a queda de cabelo. Assim como a proteína da soja, só faz efeito se a pessoa que está usando sofrer com a falta dela no organismo. Se for seu caso, o cabelo ficará mais forte e bonito. 

D-Panthenol: Tem uma ação hidratante que dá brilho e deixa o cabelo macio. 

Queratina: Assim como os aminoácidos, tem efeito reconstrutor e estimula o crescimento saudável dos fios.