AnaMaria

O risco de calvície aumenta com a idade

Consulte sempre um dermatologista para investigar o motivo dessa doença ter se manifestado em você

Redação Publicado em 27/01/2017, às 16h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Risco de calvície - Shutterstock
Risco de calvície - Shutterstock
“Tenho 42 anos e meu cabelo anda muito fino e ralo. Minha mãe (68 anos) está com o mesmo problema, quase dá para ver o seu couro cabeludo. O que pode ser?”


Como a sua mãe também está passando por isso, é quase certo que você esteja ficando calva por motivos genéticos. Enquanto que
na calvície masculina ocorre uma diminuição do cabelo nas entradas e no topo da cabeça, nas mulheres o problema faz com que os fios fiquem mais finos, diminuindo, assim, o volume do cabelo como um todo. Geralmente, o risco calvície aumenta com a idade. Mas isso não é uma regra. Há meninas de 20 e poucos anos sofrendo porque o cabelo está caindo mais do que o normal. De qualquer maneira, vá ao dermatologista para investigar o motivo dessa doença ter se manifestado em você. Com o diagnóstico, ele receitará algum remédio para tomar ou para aplicar no couro cabeludo. Diferentemente de fórmulas caseiras e xampus “milagrosos”, eles tratam as falhas e estimulam o crescimento dos fios.


Fonte: PRISCILA JUNQUEIRA, psicóloga especialista em sexologia


Envie suas perguntas aos nossos especialistas pelo e-mail anamaria@maisleitor.com.br