Saiba como combater o envelhecimento capilar com mudanças de hábitos

Pequenas mudanças de hábitos são o segredo para atrasar o processo. Confira!

Lígia Menezes Publicado domingo 2 agosto, 2020

Pequenas mudanças de hábitos são o segredo para atrasar o processo. Confira!
Assim como faz com a pele, a exposição demasiada ao sol também acelera o envelhecimento das madeixas - Pexels/Pixabay

Você sabia que o processo de envelhecimento do organismo também atinge o cabelo? Se engana quem pensa que o único sinal desse processo é o aparecimento de fios brancos

A qualidade do cabelo também se altera com o passar dos anos, perdendo brilho e nutrientes importantes. Além da ação do tempo, fatores externos, como estresse e predisposição genética, podem acelerar esse processo. 

“Em geral, com o avanço da idade e com a queda hormonal, os folículos começam a produzir fios com menos brilho. Com isso, o aspecto fica ressecado e opaco. Além disso, eles apresentam mais porosidade, dificuldade de absorver ativos e de manter a cor”, explica a tricologista, biomédica e terapeuta capilar, Sheila Bellotti (@clinicasheilabellotti).

ALIMENTAÇÃO

  • Ingira alimentos com nutrientes que tenham ação antioxidante, pois auxiliam no crescimento saudável dos fios. Exemplos: cenoura, espinafre, manga, mamão, laranja, acerola, kiwi e goiaba, semente de girassol, avelã e castanha. 
  • Consuma alimentos ricos em ferro, zinco, selênio e magnésio, como semente de abóbora, feijão, lentilhas e carnes vermelhas magras, ostras, amêndoas e castanhas de caju, já que a carência desses nutrientes pode provocar a queda de cabelos.
  • O cobre ajuda a prevenir a queda e pode ser encontrado nos mariscos, fígado, vegetais verdes, ovos, frango e feijões. 
  • A sílica auxilia a fortalecer os fios e é encontrada em alimentos marinhos, arroz e vegetais verdes. 
  • Evite industrializados.

LASERTERAPIA DE BAIXA FREQUÊNCIA 
Se o cabelo já estiver danificado pela ação do tempo, a opção pode ser um tratamento capilar com profissionais da área da saúde e beleza, dermatologia ou tricologia. Alguns procedimentos ajudam a recuperar os fios que não foram totalmente danificados, como reconstrução capilar e hidratação com ativos regeneradores, feitas no salão (valores a partir de R$ 150,00). Existe ainda a aplicação de laser capilar com um aparelho não invasivo e de baixa tensão chamado LLLT ou laserterapia de baixa frequência, feita por dermatologistas e terapeutas capilares. 

A ação do laser é direcionada para a recuperação dos folículos por meio da emissão de um feixe de luz a frio, que tem a capacidade de atingir a raiz. O tratamento também estimula o crescimento.

ESCOLHA OS COSMÉTICOS CERTOS 
Na indústria cosmética há ativos e “blends” com ação anti-aging, que têm a função de combater e prevenir o envelhecimento capilar. Escolha também produtos que possuem queratina, colágeno, ceramidas e aminoácidos na composição. Esses elementos vão deixar o cabelo fortalecido e revitalizado, além de selar as cutículas.

EXERCÍCIOS FÍSICOS 
Pratique atividades físicas regularmente. Os exercícios ajudam a controlar e combater o estresse, que é um dos agentes que desencadeiam problemas capilares. 

CIGARRO 
O tabagismo comprovadamente tem relação com a precocidade do aparecimento de fios brancos, queda dos cabelos e aceleramento da calvície, já que ele causa a diminuição da circulação sanguínea no couro cabeludo. O resultado é o comprometimento do crescimento e da vitalidade dos fios. A orientação é reduzir ou cortar o consumo de cigarros, que também causa diversos outros problemas de saúde.

CUIDADO COM O SOL 
Assim como faz com a pele, a exposição demasiada ao sol também acelera o envelhecimento das madeixas. Use filtro solar capilar diariamente para criar uma camada protetora contra as radiações. 

SUPLEMENTAÇÃO 
Pesquisas têm demonstrado que o ômega-3 possui efeitos antioxidantes, combatendo o envelhecimento de uma forma geral. Ainda ajuda na nutrição dos folículos pilosos, tornando os fios fortalecidos e saudáveis. Mas, antes de comprar a suplementação na farmácia, consulte um dermatologista e realize exames laboratoriais. Só o especialista pode indicar as fórmulas de que você necessita.

Último acesso: 05 Aug 2020 - 12:30:01 (1118549).

Leia também

Últimas Notícias