Café termogênico: a bebida capaz de reduzir medidas

Saiba como o líquido acelera o metabolismo e ajuda no rendimento físico e mental

Raquel Borges Publicado domingo 21 março, 2021

Saiba como o líquido acelera o metabolismo e ajuda no rendimento físico e mental
Hoje, os cafés termogênicos são uma febre entre os atletas de plantão - Pixabay

Atualmente, a busca por fórmulas que forneçam foco e rendimento físico tem aumentado bastante. O intuito de muitos é procurar melhores versões de si mesmo e, de alguma forma, retardar os sintomas do envelhecimento.

Assim cresceu o consumo potente de produtos termogênicos. Eles têm substâncias que aumentam a temperatura do corpo e auxiliam na perda de medidas. E, hoje, os cafés termogênicos são uma febre entre os atletas de plantão. 

Seus ativos funcionais tendem a agir rapidamente e proporcionam resultados já nas primeiras semanas de uso, desde que a pessoa siga uma dieta saudável e pratique exercícios regularmente. Os nutricionistas Dani Borges e Davi Reis explicam como a bebida atua de verdade.

O QUE É
O café termogênico é constituído de substâncias estimulantes que auxiliam no aumento do foco e da taxa metabólica basal, fornecendo energia, disposição e gasto de calorias extras.

RENDIMENTO FÍSICO E MENTAL
A bebida pode ser uma grande aliada se associada a uma dieta equilibrada e a prática regular de atividade física. Por ser um estimulante do sistema nervoso central, a cafeína ajuda a reduzir a fadiga, a sonolência e contribui para uma maior concentração e até coordenação motora. 

O que ocorre é que esse estimulante bloqueia a adenosina, um neurotransmissor que causa sono, promovendo estado de alerta e vigília, melhorando, assim, o foco e a atenção. Além disso, bebidas que possuem chá-verde contribuem para a função cerebral, melhorando a resposta de tempo de reação e aumentando a concentração. 

Sobre os efeitos ergogênicos (artifícios adotados para melhor desempenho), alguns estudos demonstraram resultados significativos para o desempenho anaeróbico, como resistência e força muscular.

CONTRAINDICAÇÕES
Quem tem intolerância ou alergia à cafeína, hipertensos, pessoas que apresentam úlcera ou gastrite, crianças, grávidas e lactantes não devem consumir. Outro fator importante: a bebida não deve ser ingerida juntamente com ferro, cálcio e vitamina
D, pois a cafeína e alguns outros componentes podem interferir na absorção desses nutrientes.

Reações adversas também podem surgir. “Apesar da cafeína ter um efeito estimulante do sistema nervoso central, aumentando os batimentos cardíacos e acelerando o metabolismo, ajudando na queima de gordura, alguns efeitos indesejados também são conhecidos, como insônia, ansiedade e aumento de refluxo gástrico.

COMO INCLUIR NO CARDÁPIO
Segundo a nutricionista Dani Borges, antes do treino é um bom momento para incorporar esse tipo de café, principalmente se a sua alimentação for pobre em carboidratos. Tome uma dose de proteína em pó com o café termogênico no café da manhã. A bebida também pode ser ingerida com uma fonte de proteína, como ovos mexidos ou shake.

FIQUE ALERTA
“Deve-se atentar para os cafés termogênicos que possuem adições artificiais, corantes ou substâncias que podem gerar algum tipo de dependência. Dê preferência às bebidas que não apresentem mais de oito aditivos e que não usem ativos artificiais. As substâncias que contribuem de maneira positiva são a cafeína, o chá-verde, o gengibre e a canela”, revela Dani.

HORA CERTA
Para Reis, o café termogênico tem como objetivo principal melhorar a disposição e o foco. “Mas, antes de incluir na sua dieta, leve em consideração a quantidade de café consumida durante o dia para evitar um excesso de cafeína. Hoje existem diversas marcas no mercado e, por conter outras substâncias estimulantes em sua formulação, o melhor horário para ser utilizado é pela manhã ou antes do treino.

Último acesso: 06 Dec 2021 - 20:56:47 (1142384).