Como se manter saudável e em forma durante o inverno? Confira dicas

Especialista ensina como seguir um cardápio nutritivo na época em que sentimos mais fome

Karla Precioso Publicado sábado 12 setembro, 2020

Especialista ensina como seguir um cardápio nutritivo na época em que sentimos mais fome
Consuma especiarias para acelerar o metabolismo - Melk Hagelslag/Pixabay

O friozinho é um ótimo pretexto para comer besteiras. Por isso, muita gente acaba ganhando uns quilinhos a mais nessa época e perde o foco na alimentação saudável. 

Isso se explica: “Quando a temperatura do meio ambiente cai, a tendência é que a temperatura corporal caia também. Como precisamos compensar para não haver essa queda da temperatura do organismo, produzimos mais calor, usando a reserva energética do corpo (gordura). E, a partir do momento que se começa a ‘atacar’ essa reserva, há o aumento da fome, especialmente por comidas calóricas. Por isso, durante o inverno, geralmente, diminuímos a ingestão de alimentos leves, como saladas e frutas”, explica a nutricionista Renata Pigliasco. 

Mas, a especialista dá dicas de como se manter firme na dieta nutritiva, sem precisar abrir mão do ‘conforto’ de uma comidinha quente e gostosa. 

CHÁS
A ingestão de chá é uma forma de aquecer o corpo. Fora isso, a bebida não tem calorias e ainda traz vários benefícios à saúde. Prefira chá-verde, de gengibre, hibisco ou mulungu com alfazema.

TEMPEROS
Consuma especiarias para acelerar o metabolismo, como gengibre, pimenta, canela, cúrcuma, cominho, curry e semente de mostarda. Use-as como tempero para os pratos.

ALTERNATIVA
Sacie a vontade de doce, preparando frutas assadas no forno ou micro-ondas (banana com canela é uma deliciosa e eficaz pedida).

SOPA É JANTA, SIM!
Substitua o jantar por sopa. Só preste atenção nos ingredientes que vai usar na receita. Dê preferência a alimentos poucos calóricos: abobrinha, berinjela, chuchu, couve-flor, aipo, brócolis, repolho, couve, espinafre, vagem e uma proteína magra, por exemplo. Não exagere no carboidrato (batata-doce, aipim, inhame, batata baroa, arroz integral). Escolhe apenas um deles. No almoço, tomar um prato de sopa como entrada pode ajudar na saciedade (usar os legumes em pedaços no preparo é uma ótima escolha, pois assim também se estimula a saciedade).

LANCHE DA TARDE
Para o lanche da tarde, lance mão das fibras, que saciam a fome. Semente de chia, farinha de linhaça, farelo de aveia e farinha de maracujá são bons exemplos. Uma boa sugestão é preparar uma mistura com farinha de linhaça, semente de chia, farinha de maracujá, farelo de aveia e psyllium e adicionar 1 colher (café) no iogurte.

Último acesso: 27 Nov 2021 - 01:23:32 (1123563).