Conheça a rotina de quem quer afinar o corpo

A rotina de quem quer afinar o corpo vai te surpreender; confira

sexta 28 junho, 2019
Sem saber como agir, a comida pode se tornar um refúgio
Sem saber como agir, a comida pode se tornar um refúgio Foto:Banco de Imagem/Getty Images

A nutricionista Karina Peloi, que já mudou a silhueta de mais de 15 mil mulheres com método de emagrecimento, ensina os pilares que devem fazem parte do dia a dia de quem busca uma vida saudável.

Você, provavelmente, já ficou cansada por trabalhar muito, sobrecarregada com os afazeres da casa e os compromissos com a família ou chateada por viver relacionamentos amorosos frios. 

Veja mais

Nessas situações, sem saber como agir, a comida pode se tornar um refúgio, algo acolhedor que traz prazer e alivia o estresse. Com uma realidade parecida, a nutricionista Karina Peloi conseguiu dar a volta por cima e contou a própria história no livro Magra para Sempre (Buzz Editora, R$ 39,90) para servir de exemplo a quem quer mudar de vida também. 

Na obra, ela conta que engordou durante a faculdade de direito por não gostar do que fazia. “Abandonei a advocacia e, aos 33 anos, cursei nutrição para ajudar mulheres a recuperar saúde, energia, autoestima e felicidade”, diz. A seguir, algumas dicas de como deve ser a rotina de quem quer perder peso. E sem dietas restritivas nem remédios!

RESPIRAR
Além de melhorar nosso nível de estresse e ansiedade, a respiração é um mecanismo de limpeza do organismo. Faça o seguinte exercício diariamente (se quiser, pode fazer mais de uma vez ao dia): sentada com a coluna ereta, com os dois pés no chão e os olhos fechados, coloque uma das mãos sobre o abdômen. 

Inspire profundamente contando até dois e sinta a região se distendendo. Prenda a respiração e conte até quatro. Solte o ar pela boca lentamente, contando até seis. Repita dez vezes esse ciclo. Você vai perceber rapidamente os benefícios dessa atividade. Mas não deixe para fazê-lo somente quando estiver ansiosa, tá?

ÁGUA
A bebida é essencial para a vida. Podemos viver algumas semanas sem comida, mas é impossível sobreviver sem água por mais de alguns dias. A região do cérebro responsável pela sensação de fome, o hipotálamo, é a mesma que monitora a sede. E, caso você não tenha o hábito de beber água, o seu organismo terá como fonte de água os alimentos. 

Dessa forma, quando houver um nível leve de desidratação, o seu organismo, em vez de provocar a sede, desencadeia a sensação de fome. E você... acaba comendo mais do que precisa! Para que as funções do nosso organismo trabalhem bem, inclusive para emagrecer, é preciso beber, em média, 2 litros de água por dia.

EXERCÍCIO
Se você não coloca seu corpo em movimento, está deixando de atendê-lo com uma de suas necessidades mais básicas. Talvez você diga “não gosto”, “não consigo”, “não tenho tempo”, “não tenho dinheiro”. 

Mas a verdade é que você não se exercita porque não tem o hábito. Primeira dica para reverter esse quadro: pesquise, busque uma modalidade que seja a mais adequada para você, pois fazer exercício não serve apenas para deixar o corpo em forma. 

Quando praticamos atividades físicas, estamos utilizando esse tempo para cuidar exclusivamente da gente. Nos afastamos dos problemas da rotina e de preocupações. Além disso, temos a oportunidade de fazer novos amigos e afastar a depressão e a ansiedade. Experimente!

SONO
Dormir pouco ou sono de má qualidade pode aumentar nosso nível de ansiedade, o risco de depressão, doenças cardiovasculares e até mesmo dependência de substâncias químicas. Estudos também apontam para o aumento do risco de obesidade e sobrepeso em quem não prega os olhos direito. 

Isso ocorre porque acontece uma falha do mecanismo fome/ saciedade. Ou seja, os indivíduos que dormem pouco têm uma maior produção de grelina (hormônio que aciona a fome) e a diminuição da produção de leptina (hormônio que dá a sensação de saciedade). 

Além da melatonina, a má qualidade do sono também está relacionada à baixa produção do hormônio do crescimento, o GH, o que causa a diminuição da queima de gordura.

Da Redação
Leia Mais:

Assine a Revista Digital

  • Assine a revista AnaMaria

BEM-ESTAR

  1. 1 Entenda como a melancia pode te ajudar dar um fim nos enjoos durante a gravidez Melancia: a fruta pode te ajudar dar um fim nos enjoos durante a gravidez
  2. 2 Conheça burnout, a síndrome do esgotamento profissional
  3. 3 Conheça a evolução no tratamento do câncer de mama
  4. 4 Confira hábitos que podem te ajudar a melhorar sua autoestima
  5. 5 Silvio Santos fala sobre suas manchas senis; entenda o problema