AnaMaria

Seis dicas importantes para quem vai correr a São Silvestre

Corpo aquecido, hidratado e material adequado ajudam a percorrer com saúde as ruas de São Paulo

Da Redação Publicado em 30/12/2018, às 08h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

São Silvestre anima as ruas da capital paulista no último dia do ano - Reprodução/Instagram/Yuri Alexandre
São Silvestre anima as ruas da capital paulista no último dia do ano - Reprodução/Instagram/Yuri Alexandre

Se existe uma tradição de Ano-Novo em São Paulo, esta é a Corrida Internacional de São Silvestre. A prova, com 15 km de distância, percorre ruas e avenidas da capital paulista todos os anos, sempre em 31 de dezembro, quando é celebrado o dia de São Silvestre.

Na última edição, em 2017, foram cerca de 30 mil corredores. Pensando em quem vai participar desse grande evento, AnaMaria conversou com o ortopedista Rafael da Rocha Macedo, que é especialista em cirurgia do pé e tornozelo com ênfase em tratamento de atletas.

Veja algumas dicas para você arrasar na hora da prova!

1) NADA DE AVENTURAS
Quem vai participar da prova precisa estar preparado, pois a corrida não é para aventureiros. É necessário que haja experiências anteriores e que a pessoa já tenha treinado a quilometragem total. 

2) ROUPA CERTA
Utilize material esportivo adequado, de tecidos leves e confortáveis. “Em relação ao calçado, nada de estrear um par no dia da corrida. Você precisa amaciar seus tênis antes do dia da prova”, lembra o médico.

Além disso, não se esqueça do boné e do protetor solar, além de optar por meias próprias para ocasião, pois elas ajudam a evitar bolhas nos pés, problema que pode causar um transtorno enorme durante a prova.

3) A VASELINA É SUA AMIGA
Use o produto nas áreas de maior atrito, como axilas, mamilos, virilha, coxas e dedos do pé. Isso ajuda a evitar as tão temidas e dolorosas assaduras.

4) AQUECER É IMPORTANTE
Aqueça seu corpo antes de começar a São Silvestre, o que pode incluir uma caminhada. Assim, você prepara o seu sistema cardíaco, circulatório, pulmonar e nervoso, além dos músculos e tendões para o esforço. 

5) PRÉ-PROVA
Deixe para saborear comidas pesadas e de difícil digestão na hora da ceia, mais tarde. Aqui, o ideal é evitar esse tipo de alimento já no dia anterior, além de não esquecer de tomar água. “A hidratação é essencial, pois nesta época do ano de altas temperaturas o calor aumenta a perda hídrica do corpo por meio do suor”, orienta Macedo.

 6) EXAME MÉDICO
É importante lembrar também que o check-up geral com o médico deve estar em dia, sendo necessário seguir as recomendações em casos específicos, tais como ritmo, cuidados com a alimentação e esforço.

"Aproveite também para curtir o evento, conhecer a cidade por outra perspectiva e faça uma boa prova, com saúde e bom preparo físico tudo é mais prazeroso", finaliza o ortopedista.